Responsive Advertisement
Em evento de lançamento da pré-candidatura de Bruno Reis, nesta segunda-feira (03), em Salvador, o deputado federal Elmar Nascimento (União), irmão do atual prefeito de Campo Formoso, Elmo Nascimento, falou à imprensa que a vitória do grupo no município seria “ainda maior” que em Salvador. Após a declaração, o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Adolfo Menezes, reagiu à fala. 

“É estranho, não é? Porque estamos falando da capital, onde eu acredito que tem milhares e milhares de eleitores a mais”, comentou Adolfo. Em Campo Formoso, cidade natal dos legisladores, Elmo Nascimento deve buscar a reeleição com embate direto com Denise Menezes, esposa de Adolfo e primeira-dama da AL-BA. “Bom, cada um que tem boca diz o que quer. A eleição a gente só sabe quando abre”, reage o presidente. 
Ainda sobre as previsões de vitória na cidade formosa, Adolfo complementa: “Digo uma coisa, vou explicar mais uma vez, se dependesse de melhoria para o povo de Campo Formoso, de investimentos que transformam regiões, eu não teria nem adversário. Infelizmente a eleição não só são obras, investimentos, mas eu gastei. Garanto a vocês o que eu estou falando, se a população de Campo Formoso, que é inteligente, reconhecer a quantidade de investimentos no passado recente e é no presente, eu não teria nem adversário”. Principal apoiador da candidatura de Denise, Adolfo Menezes também já atuou como vereador do município por dois mandatos, entre 1993 e 2000; ele também foi prefeito no período de 2013 a 2016. 
Sem se referir à esposa, o presidente da AL-BA relembra ainda que o embate entre as famílias Nascimento e Menezes em Campo Formoso já é conhecido na região e foi protagonista de outras eleições no município. “Eu não estou dizendo que já ganhei, até porque minha irmã era prefeita em 2020, todas as pesquisas mostravam que ela ia ganhar a eleição e acabou, no final, perdendo por meio ponto, por centavo. Faz parte do jogo democrático, então, quem tem boca, fala o que quer. Vamos ver quem será o vencedor”, concluiu.

Post a Comment