Responsive Advertisement

 


O homem acusado de atropelar e causar a morte de três jovens em Santa Cruz da Vitória, no Sul baiano, teve a prisão preventiva expedida pela Justiça nesta quinta-feira (2). A Polícia Civil informou que ele ainda não foi localizado, familiares contaram que o homem segue em viagem.

 

No dia 3 de março passado, Eduardo Júnior Dias dos Santos dirigia um carro em um trecho da BA-667 quando atingiu quatro jovens, que voltavam de uma vaquejada. Três deles morreram e um ficou ferido. Segundo a TV Santa Cruz, foram a óbito Luiz Carlos Barboza Santos, de 19 anos; Diane Novais Santos, de 26; e Wesley da Silva Santos, de 23.

 

Nas investigações foram constatadas evidências de crime doloso contra as pessoas que foram atropeladas. No decorrer do caso, Eduardo Júnior prestou depoimento na delegacia e foi liberado três dias após o ocorrido. O suspeito negou ter atingido as vítimas por não conseguir se relacionar com uma das jovens do grupo.

Ele confirmou que estava na festa, mas negou que tentou "paquerar", como havia sido dito por testemunhas. Eduardo Júnior disse ainda que foi atrapalhado por uma motocicleta e por isso desvio.

 

Disse também que não ficou no local por temer represálias. A defesa do motorista afirmou também que o suspeito não tinha ingerido bebida alcoólica. 


Post a Comment