Responsive Advertisement

 


Sob forte chuvas, o Bahia começou desligado e sofreu o primeiro gol de Cano com três minutos de bola rolando. Mas após paralisação devido ao campo encharcado, o Tricolor baiano reagiu e venceu o Fluminense por 2 a 1, de virada, na noite desta terça-feira (16), na Casa de Apostas Arena Fonte Nova, pela segunda rodada da competição. Caio Alexandre, na etapa inicial, e Cauly, no segundo tempo, marcaram dois golaços para o time baiano conquistar o primeiro triunfo na competição nacional.

 

Com o resultado positivo, o Esquadrão de Aço anota seus primeiros três pontos e assumiu a oitava colocação. Enquanto o Flu despencou para o 14º lugar com um ponto.

 

No próximo domingo (21), às 16h, o Bahia faz o clássico Ba-Vi contra o rival Vitória, no Barradão, pela terceira rodada do Brasileirão. Na véspera, sábado (20), também às 16h, o Fluminense encara o Vasco, no Maracanã.

 

O JOGO

O dono da casa era o Bahia, mas quem tomou a iniciativa foi o Fluminense, que antes do primeiro minuto já havia ganhado um escanteio.

 

Cano abre o placar para o Fluminense
O Fluminense abriu o placar aos três minutos de bola rolando. Falha na saída de bola do Bahia, Marcos Felipe tocou para Arias, que perdeu para Arias. O atleta do time carioca encontrou o centroavante na área que finalizou para estufar as redes. Bahia 0x1 Fluminense

 

O Tricolor baiano quase empatou com Cuesta aos sete minutos. Cauly cobrou a falta levantando na área e o argentino cabeceou, mas Fábio fez a defesa à queima-roupa e Manoel afastou o perigo.

Devido às fortes chuvas em Salvador, o campo da Fonte Nova ficou bastante encharcado impedindo a bola de rolar. Aos 16 minutos, o árbitro chamou os capitães dos dois times e decidiu paralisar a partida por conta do estado do gramado.

 

Após quase uma hora de paralisação, o jogo foi recomeçado. Em desvantagem no placar, o Bahia voltou pressionando o Fluminense no ataque.

 

Aos 26 minutos, Jean Lucas finalizou na entrada da área com perigo. Cauly cobrou o escanteio na área, a defesa cortou, mas a bola sobrou para o volante que bateu cruzado e ela passou à direita da meta defendida por Fábio. A resposta dos visitantes veio aos 30. Marquinhos carregou pelo meio e soltou uma bomba da entrada da área, que desviou em Gabriel Xavier antes de sair. Quatro minutos depois, o Tricolor baiano tentou o empate com Ademir. Cauly carregou pelo meio e tocou para o atacante que disparou na área e finalizou em cima da Fábio.

 

Caio Alexandre empata com um golaço
O Bahia chegou ao empate com Caio Alexandre aos 35 minutos. Na cobrança de escanteio, a bola sobrou com o camisa 19 que driblou Samuel Xavier e bateu colocado no ângulo para estufar as redes e deixar tudo igual no placar. Bahia 1x1 Fluminense

 

O Flu chegou a fazer o segundo gol aos 39 minutos com Arias. O colombiano recebeu de Lima, ficou cara a cara com Marcos Felipe e tocou no canto esquerdo. Mas a arbitragem assinalou um impedimento e invalidou o tento.

 

Aos 46, o Esquadrão de Aço criou boa chance e quase virou com Thaciano. Juba recupera a bola e passa para Cauly, que toca para Everton Ribeiro. O meia encontrou o camisa 16 que bateu forte para a defesa de Fábio.

 

Segundo  tempo

Os dois times voltaram dos vestiários com as mesmas formações da etapa inicial. Desta vez, o Bahia seguiu dominando mais a bola e pressionando o Fluminense.

 

Cauly vira para o Esquadrão de Aço
O Bahia fez outro golaço para virar o placar, desta vez com Cauly aos 16 minutos. Jean Lucas passou para o camisa 8 que invadiu a área, deu um belo drible em Manoel e bateu forte de perna esquerda para estufar as redes. Bahia 2x1 Fluminense

 

O Bahia seguia dominante no jogo, tendo as melhores ações, apesar de não conseguir uma armar uma jogada mais aguda que levasse perigo ao gol de Fábio. Enquanto o Fluminense, não encaixava nenhuma trama para assustar o goleiro Marcos Felipe. Aos 29, o time carioca alçou a bola na área e John Kennedy tentou uma bicicleta, mas acabou acertando o rosto de Gabriel Xavier. Os jogadores da equipe baiana pediram o cartão o que seria a expulsão do atacante adversário, mas o árbitro marcou apenas a falta.

O Bahia perdeu uma grande chance com Biel aos 36 minutos. Cauly invadiu a área com a bola dominada e tocou para o atacante, na marca do pênalti, que finalizou para fora. O Tricolor baiano ainda teve outra boa chance dois minutos, mas Everaldo bateu por cima da meta carioca.

 

Aos 42 minutos, Ganso deu um empurrão em Everaldo que caiu no chão. Após confusão e pedidos para expulsão do atleta do time carioca, árbitro mostrou o cartão amarelo para os dois jogadores.

 

FICHA TÉCNICA
Bahia 2x1 Fluminense
Campeonato Brasileiro - 2ª Rodada
Local: 
Casa de Apostas Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 16/04/2024 (terça-feira)
Horário: 21h30
Árbitro: João Vitor Gobi (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA-SP) e Fabrini Bevilaqua Costa (FIFA-SP)
VAR: Daiane Muniz (FIFA-SP)
Transmissão: Sportv e Premiere

Cartões amarelos: Caio Alexandre, Thaciano, Everton Ribeiro, Everaldo (Bahia) / Lima, Martinelli, John Kennedy, Alexsander, Ganso (Fluminense)

Gols: Caio Alexandre, Cauly (Bahia) / Cano (Fluminense)


Bahia: Marcos Felipe; Arias, Gabriel Xavier, Cuesta e Juba; Caio Alexandre (Rezende), Jean Lucas, Everton Ribeiro (De Pena) e Cauly (Cicinho); Ademir (Biel) e Thaciano (Everaldo). Técnico: Rogério Ceni.

 


Fluminense: Fábio; Samuel Xavier (Kauã Elias), Manoel (Douglas Costa), Martinelli e Diogo Barbosa (Alexsander); André, Lima (John Kennedy) e Ganso; Marquinhos, Arias e Cano (Isaac). Técnico: Fernando Diniz.



Post a Comment