Responsive Advertisement

 


A Receita Federal espera que, neste ano, a declaração pré-preenchida se consolide e atinja 40% das declarações totais do Imposto de Renda, o equivalente a 17 milhões. A previsão da Receita Federal foi divulgada nesta quarta-feira (6), em coletiva à imprensa para a apresentação das novas regras do Imposto de Renda. Nesta temporada, o Fisco espera receber 43 milhões de declarações (4% superior ao exercício do ano anterior). As informações são do portal do InfoMoney.

A pré-preenchida é um modelo automatizado, que já carrega as informações do contribuinte. Ela minimiza possíveis erros (muito comuns durante o período de entrega da declaração).

Entre as informações disponibilizadas estão: rendimentos, deduções, bens, direitos, dívidas e ônus reais (que são importadas da declaração do ano anterior), carnê-leão e declarações de terceiros (como fontes pagadoras, imobiliárias ou de serviços médicos).

A declaração pré-preenchida estará disponível em todas as formas, seja no programa do IR 2024 ou no próprio aplicativo da Receita Federal, o “Meu Imposto de Renda”.

“A responsabilidade sobre as informações na declaração pré-preenchida é do contribuinte. A Receita apenas repassa as informações que já tem. Se o contribuinte sentir que tem alguma informação divergente, é importante ele entrar em contato com essa fonte, porque existe uma informação errada na instituição”, afirmou José Carlos da Fonseca, auditor-fiscal e responsável pelo programa do Imposto de Renda 2024.

Contadores também poderão adotar a modalidade aos seus clientes. “Para autorizar o contador, o contribuinte deverá dar uma procuração eletrônica, permitindo o acesso ao profissional. Também é possível autorizar um conhecido. Para isso, o contribuinte vai na aba ‘Autorizar o acesso’, digitar o CPF do profissional ou de qualquer pessoa que queira, e pronto. Da mesma forma, eu removo a autorização de acesso”, explica Fonseca.

Uma das novidades da temporada 2024 é que o registro de aeronaves aparecerá automaticamente na declaração pré-preenchida do contribuinte, a partir do cruzamento de informações da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) com a Receita Federal.

Prioridade na restituição

Os contribuintes que optarem por fazer a declaração pré-preenchida do Imposto de Renda tem prioridade na fila dos pagamentos.

Post a Comment