Breaking News
recent

Quando o prefeito não é de partido aliado, o governo vira as costas para a cidade e prejudica o povo”, critica ACM Neto


Pré-candidato a governador visita Umburanas, cidade gerida pela oposição e que sofre com problemas de saúde e abastecimento de água





O pré-candidato a governador ACM Neto (União Brasil) criticou nesta quinta-feira (28) a postura do governo do estado diante das cidades cujos prefeitos não são de partidos aliados. De acordo com ele, o governo simplesmente vira as contas e fecha os olhos para o município. É o caso de Umburanas, no Norte baiano, que tem Roberto Bruno (União Brasil) como prefeito desde 2016. Acompanhado do pré-candidato ao Senado Cacá Leão (PP), Neto visitou a cidade nesta quinta. “Esses, que comandam a Bahia há 16 anos, fizeram isso com muitas cidades nesse período, apenas porque o povo não escolheu um prefeito do mesmo partido do governador”, disse. O encontro reuniu também outros prefeitos da região, como Louro Maia (União Brasil), de Filadélfia, Candinho Guirra (PP), de Caldeirão Grande, e Joãozinho (União Brasil), de Várzea Nova. O vice-prefeito de Umburanas, Sorlando Duque (União Brasil), também esteve presente, assim como o presidente da Câmara Municipal, Sostinho (União Brasil). “Isso é um absurdo, porque quando o governo dá as costas e fecha os olhos para a cidade ele está prejudicando o povo. Não prejudica o prefeito ou o vereador. Quando o governo ignora Umburanas, Filadélfia, Caldeirão Grande e Várzea Nova, ele prejudica quem vive nessas cidades. Mas quero dizer a vocês: essa luta valerá a pena e será vitoriosa. Se Deus me permitir ser eleito, vamos recuperar todo esse tempo perdido. Vamos fazer o que o PT não fez em 16 anos”, afirmou Neto. Em seu discurso, o prefeito Roberto Bruno lamentou o distanciamento do governo. “Infelizmente, há 16 anos Umburanas não sabe o que é ter a presença do estado. Umburanas para eles não existe. As obras mais importantes, como o sistema de abastecimento de água e a estrada, foram feitas antes do PT. Para mim, é inaceitável que o governo feche os olhos para uma cidade tão carente como é a nossa”, disse. Regulação O prefeito ainda fez um relato sobre os problemas enfrentados com a fila da regulação. “Nós temos problemas graves de cobertura de saúde, o hospital mais próximo fica em Jacobina, que está a mais de 100 km. Muitos filhos de Umburanas já morreram esperando nessa maldita fila da regulação. Temos também problemas de abastecimento de água nas comunidades da zona rural e falta pavimentação até mesmo dentro da sede. Mas, tenho certeza que depois de tanto tempo eles vão pagar caro nas urnas por isso”, complementou Roberto Bruno.


ACM Neto, por sua vez, afirmou que os problemas da fila da regulação têm sido uma das principais queixas que ele ouve das pessoas nas suas viagens pela Bahia desde o começo do ano passado. O pré-candidato assegurou que essa será uma das suas principais e mais aguerridas missões caso seja eleito. “Toda essa região sofre pela falta de um hospital regional que possa atender com qualidade e rapidez. Eu sei que esse será um dos maiores desafios que vamos precisar enfrentar a partir do próximo ano, mas não existe nada impossível para quem trabalha com seriedade, que cuida bem do recurso público e que tem compromisso com a vida. Eu vou trabalhar comprometido com a vida dos baianos e vamos deixar para trás esse drama da fila da regulação”, frisou Neto. O pré-candidato do União Brasil lembrou ainda da sua trajetória política, por ter sido um dos deputados federais mais atuantes por três mandatos e por ter comandado Salvador por oito anos, sendo eleito o melhor prefeito do Brasil em todos eles. “Esse é meu currículo. Eu, sim, posso mostrar aos baianos que toda vez que fui testado passei no teste com louvor. Nunca me contentei em ser o segundo lugar, sempre busquei ser reconhecido como melhor e sempre trabalhei para ser o primeiro”, completou. Ele também se comprometeu a garantir o abastecimento de água do distrito rural das Barrigudas e a pavimentar ruas e estradas que cortam o município. Agenda Ainda nesta quinta-feira (28), ACM Neto realiza um percurso pela cidade de Irecê ao lado de lideranças. Na sexta-feira, ele percorre as cidades de Mirorós, Ibipeba, São Gabriel e João Dourado. No sábado, a agenda segue na microrregião de Irecê. Neto e Cacá visitarão Lapão, Ibititá, Barro Alto, Canarana e Presidente Dutra. No domingo, passam por América Dourada, Cafarnaum, Mulungú do Morro e Souto Soares.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.