Breaking News
recent

Pensão alimentícia: O pagamento pode ser feito com alimentos ao invés de dinheiro? Confira o que é ou não aceito nesses casos.



Quando se trata de pensão alimentícia, garantir o lugar certo para enviar dinheiro é uma preocupação que assola muitas pessoas. Por exemplo, o dinheiro é realmente usado para proteger alimentos? É possível pagar com comida em vez de dinheiro?

Apesar do nome, a pensão alimentícia inclui diversas garantias à criança, como moradia, educação, saúde e lazer. Em outras palavras, dinheiro não é apenas para a compra de alimentos. 

Pensão alimentícia

A ideia da pensão alimentícia é garantir que as crianças tenham total dignidade. Desta forma, em todas as áreas da vida. É por isso que o dinheiro desta pensão pode ser usado de várias maneiras.

A pensão alimentícia pode ser paga sob a forma de dinheiro ou às custas adequadas das necessidades da criança. Por exemplo, pagamentos diretos para vestuário, escolas, seguro de saúde e outras questões envolvendo dependentes.

Portanto, a quantidade de pensão alimentícia não pode ser paga apenas como alimento, pois é muito maior. Por outro lado, aqueles que pagam pensão alimentícia têm o direito de monitorar como o dinheiro é gasto.

Se esse valor não for usado para cobrir as despesas da criança, quem paga a pensão pode procurar justiça e provar o uso indevido do dinheiro. Se o casal faz parte disso, vale lembrar que é o pai e a mãe que são obrigados a arcar com as despesas da criança, independentemente de quem tenha a guarda da criança.

A quantidade de pensão alimentícia será determinada por um juiz de acordo com as necessidades das crianças. Portanto, tais valores precisam ser cumpridos como parte da responsabilidade da criança.

Lembre-se que a pensão alimentícia pode se estender até a idade em que uma criança completa o ensino superior.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.