Breaking News
recent

Caso Ranitla: Justiça nega novo pedido de liberdade para Tharcísio Aguiar e empresário segue foragido

 

A Justiça negou, nesta quinta-feira (07), a um novo pedido de liberdade para o empresário suspeito de atropelar e matar a dentista Ranitla Bonella, de 23 anos, no trecho urbano da BA-001. Segundo a Polícia Civil, apesar de Tharcísio Aguiar ter tido a prisão preventiva decretada, ele ainda não foi encontrado e é considerado foragido.

O caso aconteceu no dia 11 de junho. Dois dias depois, Tharcísio se apresentou na delegacia de Ilhéus, mas foi foi ouvido pela polícia e liberado. 

“Acreditamos na condução dos órgãos competentes e que em breve o autor do crime será preso para responder legalmente pelo crime praticado”, disse Roberto Bonella, pai da vítima.

A prisão preventiva de Tharcísio Aguiar foi mantida. A Justiça já havia suspendido a Carteira Nacional de Habilitação do investigado.  

Ranitla era recém-formada e estava na cidade para fazer uma especialização em ortodontia. Ela foi atingida pelo veículo no momento em que atravessava a rodovia, em uma faixa de segurança. A jovem foi arremessada e chegou a bater em um guard rail.

O corpo de Ranitla foi velado no dia 12 de junho e enterrado no início da tarde no Cemitério Campo Santo, em Eunápolis.  Os familiares e amigos de Ranitla seguem em ações contumazes de pedido de justiça. Manifestações pacíficas e carregadas de comoção aconteceram tanto em Ilhéus quanto em Eunápolis, terra natal da vítima.

Nesta semana, novas ações de clamor por justiça foram realizadas, e diversos outdoors foram espalhados pelas ruas e avenidas de Ilhéus e Itabuna. Os pais da jovem imploram para que a justiça seja feita e têm se mobilizado nesse sentido, em memória da filha que perderam. 

Na rede social Instagram, uma conta foi criada pelos familiares para manter a sociedade informada das novidades acerca do crime e para que mais pessoas juntem-se à causa. https://www.instagram.com/justiçaporranitla.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.