Breaking News
recent

Guanambi volta a liberar o não uso de máscaras em locais fechados após seis dias de proibição

 

Foto: Reprodução/Instagram

A prefeitura de Guanambi, no sudoeste da Bahia, voltou a liberar o não uso de máscaras em eventos e ambientes fechados da cidade, com algumas exceções. A decisão, que foi publicada no Diário Oficial do município no último domingo (5), foi tomada seis dias após a proibição da atividade.


No decreto, a prefeitura manteve a obrigatoriedade do uso das máscaras em locais fechados, como unidades de saúde, clínicas, UPA, farmácias e hospitais.

Também continua obrigatório o uso de máscaras nos terminais do aeroporto e rodoviária, em instituições de ensino público e privado e para pessoas que estão com sintomas gripais ou respiratórios ou que tiveram contato com pacientes que contraíram a Covid-19 recentemente.

Já a obrigatoriedade de apresentação da comprovação de vacinação contra a Covid-19 continua obrigatória no município para ter acesso a locais fechados ou para usar serviços de transporte e acessar unidades prisionais ou policiais.

A comprovação deverá ocorrer por meio do documento fornecido no momento da imunização ou do Certificado Covid, obtido por meio do aplicativo “Conect SUS” do Ministério da Saúde. Serão exigidas as doses de reforço da vacina para o público alcançado por esta etapa da Campanha de Imunização.

Segundo o último boletim epidemiológico da cidade, publicado na terça-feira (31), Guanambi registrava 16 casos ativos de pacientes com Covid-19.

Desde o início da pandemia, a cidade registrou 137 mortes causadas pela doença e teve quase 15 mil casos. Até o momento, mais de 203 mil doses da vacina foram aplicadas na população local, que é de quase 86 mil habitantes.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.