Responsive Advertisement
“Valeu, foi bom, adeus”. O período carnavalesco acabou na última quarta-feira (14). Com o fim da festa do Momo, é iniciada na Quarta-feira de Cinzas, o período da Quaresma no tradicional calendário católico. O período que faz parte do ciclo pascal, acontece durante 40 dias antes da semana santa, que é iniciada no Domingo de Ramos. 

O tempo quaresmal é considerado por católicos uma preparação para o período pascal, momento que faz referência a morte e ressurreição de Jesus Cristo, principal figura do catolicismo. Neste ano, a semana santa acontece entre o domingo 24 de março até o domingo seguinte, dia 30. 

A preparação é feita para que os devotos vivam de forma plena o tempo, considerado um dos mais importantes para a igreja. O momento faz referência aos 40 dias que o próprio líder cristão, Jesus, passou no deserto se preparando para sua “morte e ressurreição”. A origem da palavra é oriunda de "quadragesima dies", que em latim significa quadragésimo dia. Seria justamente no quadragésimo dia que Cristo teria ressuscitado. 

JEJUM 

Anteriormente, durante a quaresma existia o costume de não comer carne. Isso acontecia, já que antes do tempo quaresmal, é o Carnaval - período de festas profanas, originadas na Antiguidade e recuperadas pelo cristianismo, onde o era provenientes de ritos e costumes pagãos, caracterizados pela liberdade de expressão e movimento. 

A palavra Carnaval é originária do latim, carnis levale. Historiadores explicam que o período carnavalesco é atrelado justamente ao de consumir carne constantemente.

Líderes do catolicismo dizem que a Quaresma chega justamente com o objetivo de fazer o oposto ao carnaval e ser o tempo de ser praticado jejum e abstinência do alimento

Post a Comment