Responsive Advertisement
Servidores públicos foram afastados e quatro pessoas presas na operação "Stop Driver", que investiga uma organização criminosa especializada em fraudes no processo para obtenção da Carteira Nacional de Habilitação. A ação foi deflagrada pela Polícia Federal (PF) nesta quarta-feira (28). As pessoas presas foram conduzidas para a delegacia da PF em Barreiras, cidade do oeste da Bahia
O órgão não informou quantas pessoas foram afastadas, assim como os cargos e nomes dos envolvidos. A PF detalhou que os servidores tiveram os bens bloqueados.

FoDurante a ação, foram apreendidos "bens de interesse para a linha investigativa", segundo informações da PF.

Fraudes na CNH podem levar a pena de 40 anos
As cidades da Bahia onde aconteceram ações dos agentes da polícia foram: Santa Maria da Vitória, São Félix do Coribe, Coribe, Santana, Canarana e Bom Jesus da Lapa. As investigações contra o grupo criminoso continuam com o objetivo de identificar novos suspeitos.ram cumpridos 21 mandados de busca e apreensão em cinco cidades da Bahia, além de Brasília e Goiânia. A polícia não detalhou em quais cidades aconteceram as prisões
Os crimes investigados são organização criminosa, falsidade ideológica, corrupção ativa, corrupção passiva, prevaricação e lavagem de dinheiro. Juntas, as infrações podem somar uma pena máxima superior a 40 anos de prisão, além da perda do patrimônio adquirido com o crime.

Post a Comment