Responsive Advertisement

 

Há exatos trinta dias, Dona Vera Lúcia, levantou-se da cama, fez um café, tratos matinais costumeiros e passou o seu dia em sua residência, numa área nobre da cidade em que mora. A idosa de 73 anos, diariamente faz um cardiorrespiratório vespertino acompanhada de sua irmã, e ao retornar entra num estabelecimento público, a padaria, efetua uma compra e segue até à sua moradia, despedindo-se da companhia. À noite, trocam mensagens instantâneas por meio de uma rede social, até que alguns minutos depois, ela já não responde mais. 

Infelizmente, a partir de então, nunca mais foi vista; este é um relato baseado em 'fatos reais'! A narrativa acima, demonstra o quê de fato começou como um dia normal, terminou em uma angústia. A família gostaria de estar reunida e continuar o cotidiano acima, sem os próximos parágrafos. Mas a realidade é outra.O curioso fato e também novidade na situação, são seus filhos, Tercius e Klaus Vieira, que para aumentar a divulgação, abriu suas redes sociais, que antes eram privadas. Comovido, ele grava um relato com olheiras profundas e olhar abatido ao horizonte, pedindo informações sobre o paradeiro da mãe.

Ele solicita a população ajuda para encontrar a desaparecida, e roga que parem com ligações enganosas. A família sofre o bastante, não se faz necessário ligações equivocadas.

Ainda sobre as redes sociais, a dupla fraterna marcou portais importantes de comunicação — como Blog Verdinho Itabuna, outros blogs regionais. Adicionando canais televisivos, o governo do estado, prefeitura da cidade de Itabuna e grandes jornalistas da região, para aumentar a visibilidade — visto que outdoors, entrevistas e posts patrocinados, não tem surtido efeito. 

Numa entrevista a rede Record, Tercius afirma: “Nada que a gente tenha alguma prova que estão com ela pra gente evoluir, achar e trazer de volta pra gente.”; vídeo postado em sua rede social há cinco dias. Seus filhos fazem um grande apelo, pois ninguém quer estar noticiado no Blog Verdinho Itabuna ou em qualquer meio jornalístico policial.

Com sinais de abalo sentimental, o vídeo curto de 28 segundos, solicita o término da agonia do último mês. Relata a todos, um número telefônico, para contato 11 98346-1406.

Além desta opção, denuncie nos canais oficiais: 190 /187 /193

A família agradece qualquer informação de boa índole!

Relembre o caso:

A aposentada Vera Lúcia Vaz Vieira, de 73 anos, está desaparecida desde 19 de junho, em Itabuna A polícia trabalha com a hipótese de sequestro, porém, até o momento, ninguém entrou em contato.

A perícia encontrou marcas de sangue, mechas de cabelo, xícaras de café usadas no apartamento dela. O imóvel não tem sinais de arrombamento. 

Post a Comment