Responsive Advertisement

 

Uma mobilização envolvendo diversas empresas, escolas, faculdades e Corpo de Bombeiros tem ajudado a reduzir o déficit no Banco de Sangue da Santa Casa de Itabuna neste mês. Mesmo assim, a unidade segue com estoque crítico. Precisa, de mínimo, 1.200 bolsas mensais, mas tem recebido menos de 900 bolsas.

Entre as pessoas que têm tirado um tempo para contribuir com o tratamento de pacientes oncológicos ou necessitando de procedimentos de urgência e emergência estão funcionários da Socializa, empresa que operacionaliza o Conjunto Penal de Itabuna.Desde a semana passada que trabalhadores da unidade prisional têm participado da Campanha Junho Vermelho. A mobilização visa manter o estoque capaz de assegurar os procedimentos neste mês de demanda maior por sangue e hemoderivados por causa do aumento de acidentes de trânsito e em decorrência de imperícia no manuseio de fogos de artifício.

Um dos funcionários da Socializa que compareceu ao Banco de Sangue foi Weldo Conceição Aragão, que aprovou a iniciativa. “Não sabemos do dia de amanhã. Um dia posso ajudar alguém e no outro pode ser eu mesmo ou um familiar que dependa de uma doação de urgência. Esse é um ato muito simples, mas nobre porque representa uma vida que estamos ajudando a salvar. Por isso, quando a empresa abraçou a campanha, nos comprometemos com a causa e estamos aqui. Na verdade, estou retornando, pois sou um doador que estava afastado”, conta.

A parceria com o Banco de Sangue também fez com que Gileno Batista voltasse a ser um doador. “Essa é uma ação importante que todos os brasileiros aptos deveriam contribuir, pois é um ato em que podemos salvar até quatro vidas. Só precisamos tirar um tempinho para demonstrar esse ato de amor ao próximo. A partir de agora estarei aqui com regularidade”, assegura Gileno Batista.

Quem também tirou um tempinho para doar sangue foram as irmãs Ferreira. Alane Ferreira Souza, Brenda Ferreira dos Santos, Evelli Ferreira Souza, Jamile Ferreira Souza, Cardim e Queilane Ferreira Souza.

Além de funcionários da Socializa e das cinco irmãs, o Banco de Sangue está recebendo funcionários de empresas, igrejas evangélicas, instituições financeiras, servidores públicos e integrantes do Corpo de Bombeiros. O pessoal da Alcif Mais, por exemplo, mobilizou os colaboradores para doação entre os dias 12 e 16, com campanha paralela “Seja Um Herói”.

Post a Comment