Responsive Advertisement

 



O Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) e o Setor de Higienização Hospitalar do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, instituição administrada pela Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (FASI), realizaram uma auditoria dos processos de higienização ambiental da unidade hospitalar na quinta-feira passada, no dia 25.

O objetivo foi fazer a validação da higiene do ambiente hospitalar. Nesse sentido, foi realizado um teste antes e outro depois da higienização da auditoria para checar se o processo de higiene e de limpeza foram bem sucedidas.

De acordo com a coordenadora do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH), Talita Ramos, na auditoria foi utilizado o método SWAB, que consiste na coleta do material das superfícies que são levados ao laboratório para avaliar o antes e depois da limpeza.

“A auditoria é algo que certifica a qualidade da assistência ao paciente e reduz infecções cruzadas”, informou. Com isso, é possível verificar se algum microrganismo vai crescer após a aplicação do produto e higienização do ambiente. “A ideia é verificar se o trabalho de rotina do setor está tendo eficácia no processo de higienização e limpeza ambiental”, concluiu.








Post a Comment