Breaking News
recent

Com estoque crítico, Hemoba promove I Encontro de Doadores de Plaquetas

 

Com estoque crítico, Hemoba promove I Encontro de Doadores de Plaquetas
Foto: Divulgação

A Hemoba promove, nesta quarta-feira (20) às 14 horas, o I Encontro de Doadores de Plaquetas, no auditório de sua sede, em Salvador, visando aproximar o doador ao corpo técnico da Fundação e reforçar a importância da doação regular, já que as plaquetas têm validade de apenas 5 dias.

 

Para doar plaquetas, é necessário preencher os mesmos requisitos exigidos para uma doação de sangue, além de ter realizado pelo menos uma doação sanguínea nos últimos 12 meses, não ter utilizado nenhum medicamento que contenha ácido acetil salicílico (AAS) ou antiinflamatórios até sete dias antes da doação e pesar no mínimo 60 kg. No caso de mulheres, somente as que nunca engravidaram podem doar. 

 

A transfusão do hemocomponente beneficia pacientes em tratamento para leucemias e outros tipos de câncer, os submetidos a transplante de medula óssea, a cirurgias cardíacas, as vítimas de trauma, queimaduras, dentre outros.

 

Na Bahia, o Hemocentro Coordenador e a Unidade de Coleta de Juazeiro atendem os doadores de plaquetas. Entre 2020 e 2022, 386 pessoas fizeram doação por aférese regularmente na unidade da capital baiana. Na aférese, apenas as plaquetas são coletadas e o restante dos componentes é devolvido ao doador. Este processo pode levar entre 60 a 90 minutos e pode ser realizado uma vez a cada mês, totalizando 12 vezes ao ano.

 

DOAÇÃO DE SANGUE 

De acordo com o Hemoba, também há necessidade de doadores de sangue, especialmente dos tipos sanguíneos O-, O+ e A-, que estariam com estoque bem abaixo da capacidade recomendada para suprir as necessidades dos hospitais do estado.  

 

Para doar sangue, é preciso ter entre 16 e 69 anos, sendo que os menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável legal, é necessário também apresentar um documento original com foto, estar com o peso acima de 50 kg, bem de saúde, descansado e alimentado, ter evitado alimentos gordurosos algumas horas antes da doação, não fumar por pelo menos duas horas e não ingerir bebida alcoólica 12 horas antes.  

 

Pessoas que tomaram a vacina da gripe ou o imunizante Coronavac devem aguardar 48h para doar sangue. As demais vacinas contra a Covid-19, como Astrazeneca, Pfizer e Jassen, impedem a doação por sete dias. Os voluntários que testaram positivo para Covid-19 só podem doar 10 dias após a sua total recuperação.

 

Já aqueles que tiveram contato próximo a um caso confirmado durante o período de transmissão, que segundo o Ministério da Saúde são 10 dias, ficam inaptos pelo período de 7 dias após o último contato.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.