Breaking News
recent

Uma voz calada no meio da noite: Itabuna dá o último adeus a Jota Silva, o líder de audiência da Rádio AM

 

Um crime sem precedentes. Uma voz, líder de audiência, calada no meio da noite de forma covarde e cruel. A comunicação de luto. Um encontro que encerrou, para sempre, uma carreira de mais de 40 anos de sucesso e pôs fim à vida de uma pessoa carismática, alegre, dinâmica e competente. 

O radialista José Antônio Oliveira da Silva, mais conhecido como Jota Silva, ou carinhosamente como Jotinha, tinha 60 anos.  Sua morte brutal ganhou repercussão e abalou não só o meio de comunicação, mas uma sociedade inteira. Ouvintes antigos e uma nova geração de ouvintes não terão mais o bom dia animado, seguido de informações e entrevistas, que faziam parte de suas manhãs, diariamente. 

Jota foi morto por asfixia. Mas lutou até a morte com o seu algoz, em quem confiou para levar para dentro de casa, e com quem, possivelmente, teve um relacionamento íntimo. O caso está sendo investigado. Dúvidas ainda pairam no ar: a vítima já conhecia o assassino e já se relacionavam? Ou o conheceu no dia em que morreu? O que o criminoso tanto procurava na residência de Jota, a ponto de revirar tudo? O que levou o acusado a matar alguém indefeso?   

Imagens da câmera de segurança da rua mostraram o momento em que Jota chega acompanhado do assassino. Era 17h45. Depois, registra o homem saindo da casa, já por volta das 20h43. Essas imagens, aliadas à descrição de testemunhas, são de extrema importância e deverão ajudar na identificação do criminoso.

Vídeo:

O suspeito tentar fugir com o carro de Jota, como mostra a câmera de segurança. No entanto, não se sabe o que o levou a desistir e fugir, a pé, pela lateral da residência. No veículo, a polícia encontrou vários pertences da vítima, entre os quais, quadros, computador, e até alimentos, roubados da casa.  

Em estado de choque, familiares acompanharam todo o procedimento da polícia técnica no local do crime.   Jota morava naquela casa, no bairro Manoel Leão, há cerca de 12 anos. Era muito querido pelos vizinhos, que estão todos consternados. Segundo eles, era de costume o radialista chegar em casa em companhia de "pessoas estranhas".  

A polícia chegou a prender dois suspeitos na manhã desta quarta-feira (06), mas foram liberados por apresentarem álibes. Um deles, inclusive já manteve um relacionamento íntimo com o comunicador. Ele alegou que ontem à noite estava em casa com a nova família que formou recentemente. 


Últimos momentos 

Jota fez seu último programa na manhã de ontem (05). Gravou uma entrevista com o prefeito de Itapé, Naeliton Rosa. Após sair do trabalho, na Rádio Jornal, onde atuou por mais de duas décadas, visitou as rádios Interativa e e a Proeves. Parecia até estar se despedindo. 

E foi, de fato, uma despedida. Jotinha, provavelmente, no meio da tarde se encontrou com o assassino, selando assim o seu destino trágico.


Despedida e comoção 

O corpo de Jota Silva foi velado durante todo o dia de hoje e sepultado agora à tarde no Cemitério Campo Santo, sob forte comoção. Além de familiares, amigos e ouvintes, vários comunicadores, como Wadson Santos, Ribamar Mesquita,josevan dias e Oziel Aragão estiveram presentes, prestando as últimas homenagens ao colega Jota Silva.    

Também empresários e muitas personalidades política compareceram para se despedir de Jotinha, entre os quais o prefeito de Buerarema, Vinícius Ibrann, o prefeito de Itape Naeliton alguns vereadores de Itabuna e Itajuípe e representantes do prefeito Augusto Castro.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.