Breaking News
recent

Batalha entre a Polícia e o crime organizado: confrontos resultam na morte de cinco bandidos em Itabuna e outras duas cidades baianas

 


Itabuna, Vitória da Conquista e Itajú do Colônia foram palcos recentes de confrontos entre a Polícia Militar e criminosos. Nessa batalha entre o bem e o mal, entre a lei e o crime organizado, cinco suspeitos foram mortos. Na madrugada desta quinta-feira (24), na Bananeira, por exemplo, a Cipe Cacaueira flagrou um grupo de bandidos armados, um deles com uma moto roubada.

Os acusados reagiram e, na troca de tiros, dois deles foram baleados. Um foi socorrido pela PM e levado para o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, mas não resistiu. 

Sorriso

O segundo fugiu pelo matagal. Logo depois, a polícia soube que ele foi levado pelos familiares em um carro particular para o Base, mas também acabou morrendo. Um foi identificado pelo prenome de Daniel, e o outro pelo apelido “Sorriso”

Sorriso e os amigos 

Ambulância do Samu apedrejada

Uma ambulância do Samu chegou a ser acionada pela PM, mas populares revoltados não deixaram o veículo entrar na localidade. Xingaram os socorristas e apedrejaram a ambulância, alegando demora em atender a chamada. Um profissional do Samu foi ferido pelos estilhaços de vidro de uma das janelas atingidas pelas pedras. 

Ainda no local, um terceiro suspeito foi detido. A moto foi recuperada e está no Complexo Policial. Além disso, os policiais apreenderam duas armas - uma pistola 380 e um revólver calibre 32; dois tabletes de maconha; balança de precisão e R$ 180 em espécie.

Há suspeitas de que os bandidos, cujos nomes não foram divulgados, eram envolvidos com o tráfico de drogas na Bananeira, Rua de Palha e Nova Itabuna.


Vitória da Conquista 

No bairro Nova Cidade, em Vitória da Conquista, outros dois suspeitos, um deles de Itabuna, tombaram em confronto com a Rondesp Sudoeste, na noite de ontem (23). Os policiais estavam averiguando uma denúncia de homens armados no local, quando foram recebidos a tiros. 

Os dois acusados foram identificados. Segundo a polícia, eram assassinos cruéis e acusados de vários outros crimes. Anderson Gonçalves dos Reis, ex-aluno da FTC de Itabuna, era apontado como autor de uma chacina em Itajuípe, que deixou quatro mortos, entre as vítimas, duas crianças. 

Já o segundo suspeito morto no confronto era Orlando Silva dos Santos, de 25 anos. Entre os crimes que ele cometeu, a execução de uma jovem,  após tentar estuprá-la em um matagal.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.