Breaking News
recent

Carnaval 2022: veja o que pode e o que não pode na folia deste ano

 

Foto: Divulgação

Com tantas restrições, cancelamentos e anúncios dos governos estaduais e municipais, fica realmente complicado dar conta de tantas informações em torno do Carnaval de Salvador. Pelo segundo ano consecutivo, a festa foi cancelada. Porém, algumas medidas possibilitam a realização de eventos com segurança.

Mas o que pode e o que não pode, até o momento? Pensando nisso, o iBahia fez um compilado para que você encontre todas as informações da festa em um só lugar! Confira:

  • O cancelamento do carnaval foi anunciado em dezembro de 2021
  • Salvador não terá ponto facultativo e os órgãos e serviços públicos funcionarão normalmente na cidade na segunda (28), terça (1º) e quarta-feira (2).
  • O Governo da Bahia também manteve o expediente normal nas repartições públicas do Poder Executivo Estadual entre os dias 25 e 28 de fevereiro e 01 de março de 2022. Os funcionários que não comparecem aos serviços terão o ponto cortado.
  • No período de carnaval, a prefeitura realizará operações especiais de fiscalização nos circuitos da Barra/Ondina e Campo Grande/Praça da Sé, com equipes permanentes nesses locais no sentido de orientar aos cidadãos e evitar aglomerações.
  • Está proibido a realização de festas de rua, através do decreto estadual durante o período de carnaval. A medida inclui especialmente eventos pré-carnavalescos ou carnavalescos, previamente organizados ou espontâneos, tais como: marchinhas, blocos, fanfarras, desfiles e afins
  • O mesmo decreto estadual, citado acima, mantém a validade, até a mesma data, da autorização para a realização de eventos e atividades com a presença de público de até 1.500 pessoas, tais como: cerimônias de casamento, eventos urbanos e rurais em logradouros públicos ou privados, eventos exclusivamente científicos e profissionais, circos, parques de exposições, solenidades de formatura, feiras, passeatas, parques de diversões, teatros, cinemas, museus, estádios de futebol e afins.
  • Segue ainda em vigor a exigência da comprovação de vacinação em bares, restaurantes, além de parques públicos e estaduais. É necessário apresentar o cartão de vacinação ou o certificado Covid, que pode ser resgatado através do aplicativo “Conect SUS”.
  • Show privados podem ser realizados mantendo as diretrizes indicadas no decreto, incluindo a comprovação da vacinação e uso das máscaras. 

Todos decretos citados pelo prefeito tem validade até 2 de março assim como o anunciado pelo governo estadual.Flexibilização pós-carnaval 


"Passado o Carnaval, vamos ver quais medidas de flexibilização vamos adotar. Até lá, é manter todos os cuidados", disse o gestor municipal, citando outros locais em que as restrições acabaram, como o Reino Unido.

Segundo Bruno, a capital baiana vive um momento de queda dos números de casos e de internação por conta da doença. "A ocupação dos leitos de UTI estão a baixo de 50%, o fator RT nunca esteve tão baixo. Com fé em Deus esse fim de semana do Carnaval será o último que teremos que fazer sacrifício. Por isso aproveito para pedir que evitem aglomerações, usem máscara nesse período", pediu.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.