Breaking News
recent

Nos últimos dois meses, Bahia registra 1.447 casos de H3N2 e 35 óbitos

 

Nos últimos dois meses, a Bahia registrou 1.447 casos de H3N2 e 35 óbitos pela doença, de acordo com a Secretaria de Saúde do estado (Sesab) nesta terça-feira (04). Os dados equivalem a 1º de novembro de 2021 até 4 de janeiro deste ano.

Do total de pessoas contaminadas no estado, 881 são residentes em Salvador. Dos 1.447 casos, 259 evoluíram para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e necessitaram de internação. Do total de internados, 35 faleceram.

Os óbitos foram registrados em residentes de Salvador (30), Camaçari (1), Laje (1), Teixeira de Freitas (1), Urandi (1) e Valença (1).

Segundo a Sesab, a maioria das mortes ocorreu na faixa etária acima de 80 anos (17 óbitos). As outras mortes aconteceram nas faixas de 70 a 79 anos (5 óbitos), 60 a 69 anos (5), 50 a 59 anos (3), 40 a 49 anos (2), 30 a 39 anos (1) e 10 a 14 anos (2 óbitos). Verificou-se ainda a presença de comorbidades e/ou condições de risco para o agravamento da doença em 27 óbitos.

A primeira morte por H3N2 registrada no estado ocorreu em 15 de dezembro de 2021. A vítima era uma idosa residente em Salvador.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.