Breaking News
recent

H3N2 causou 100 mortes na Bahia, aponta Sesab

 

(Foto: Divulgação)

A Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) registrou, entre 1º de novembro de 2021 até esta terça-feira (18), 2.184 casos de Influenza A, do tipo H3N2, distribuídos em 193 municípios. Deste total, 1.104 (50,54%) são moradores de Salvador. Segundo a Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Bahia, dos 2.184 casos, 454 evoluíram para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e necessitaram de internação, com 100 pacientes evoluindo para óbito, o que caracteriza uma letalidade de 22,02%. Os óbitos foram registrados nos municípios de Salvador (58), Feira de Santana (6), Teixeira de Freitas (6), Canavieiras (2), Ilhéus (2), Mulungu do Morro (2), Jequié (2), São Sebastião do Passé (2), Simões Filho (2)e Valença (2). A doença também causou mortes nos municípios de Mairi, Cabaceiras do Paraguaçu, Camaçari, Candeias, Catu, Guanambi, Itagimirim, Ituberá, Laje, Maragogipe, Nazaré, Pojuca, Ribeira do Pombal, Sapeaçu, Tanquinho, Urandi e Jequiriçá. Essas localidades registraram um óbito cada.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.