Breaking News
recent

Presidente do PDT entra com ação no STF contra votação da PEC dos Precatórios

 

Foto: Reprodução, Twitter/@CarlosLupiPDT
Foto: Reprodução, Twitter/@CarlosLupiPDT

 

Após o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) anunciar a suspensão da sua pré-candidatura à presidência da República, na manhã desta quinta-feira (4), como forma de protesto ao apoio de boa parte da bancada do PDT a PEC dos Precatórios, o presidente do partido, Carlos Lupi revelou que vai entrar com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF).

“Cumpre informar aos estimados companheiros que estou dando entrada agora, na parte da manhã, com uma ação no STF contra a autorização do Presidente da Câmara, Arthur Lira, para que 23 parlamentares, em viagem, votassem remotamente na PEC dos Precatórios”, disse Lupi em sua conta oficial do Twitter. “Um cheque em branco a Câmara deu ao Sr. Lira e ao Profeta da Ignorância”, concluiu.

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 23/21, conhecida como PEC dos Precatórios, limita o valor de despesas anuais com precatórios, corrige seus valores exclusivamente pela Taxa Selic e muda a forma de calcular o teto de gastos. Por 312 votos a favor e 144 contra, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta quinta-feira (4), em primeiro turno, o texto-base do relator Hugo Motta (Republicanos-PB).

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.