Breaking News
recent

Máscaras deixaram de ser exigidas em área pública em 10% das cidadesGoverno do estado de São Paulo vai anular a obrigatoriedade em 11 de dezembro; capital paulista pode antecipar a medida

Foto: assessoria Senac
Foto: assessoria Senac

 

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, anunciou que a capital paulista pode derrubar a obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção ao novo coronavírus antes de 11 de dezembro, quando a nova medida entra em vigor no estado. A decisão da prefeitura paulistana está longe de ser consenso, mas já vem sendo adotada no país.

Segundo levantamento da Confederação Nacional de Municípios (CNM), 10,7% das prefeituras não estão mais exigindo o EPI em lugares públicos. A pesquisa consultou 2.311 localidades, entre as quais 252 já haviam adotado a flexibilização em ambientes abertos. Em locais fechados, apenas 38 municípios (1,6% do total) aderiram à flexibilização.

Quanto a disponibilidade de vacinas, a 31ª pesquisa da CNM apontam o melhor cenário até aqui. Somente 336 municípios ((14,2% do total) afirmaram ter ficado sem vacinas, enquanto 2.014 cidades (85,3%) asseguraram que a vacinação ocorreu normalmente.

Sobre o passaporte da vacina, 380 Municípios (16,1%) já editaram decreto ou norma similar com a obrigatoriedade da vacinação para frequentar espaços coletivos públicos. Em 1.933 cidades (81,8%) não existem tais medidas.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.