Breaking News
recent

Leo Prates provoca Sesab: produtor pode usar 70% da capacidade da Fonte Nova para fazer Carnaval?

 

Leo Prates, secretário municipal de Saúde (Foto: Matheus Morais/bahia.ba)
Leo Prates, secretário municipal de Saúde (Foto: Matheus Morais/bahia.ba)

 

Cutucando a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) sobre os critérios para não decidir sobre a realização do Carnaval em 2022, o secretário de Saúde de Salvador, Leo Prates (PDT), disse nesta quinta-feira (11) que quer saber se um produtor que alugar a Arena Fonte Nova para realizar a festa poderá utilizar 70% da capacidade do estádio, com comercialização de bebida alcoólica, como ocorre após novo decreto estadual.

“Pergunta que faço esse momento a equipe técnica que elaborou o decreto estadual, com todo respeito que tenho aos técnicos da Sesab, mas porque estamos com 3 mil pessoas em atividades de eventos e 70% da Fonte Nova com venda de bebida? Pensando no princípio da igualdade, que prevalece na Constituição Federal, se um produtor de eventos resolver alugar a Fonte Nova durante o Carnaval, ele pode utilizar 70% da capacidade do estádio?”, questionou, com conversa com a imprensa.

E acrescentou: “Se sim, porque as festas estão em 3 mil? Se não, qual a justificativa epidemiológica para essa diferença. Estou defendendo o principio da igualdade e da ciência. Quero saber, cientificamente, qual a diferença de um estádio liberado para 70% da sua capacidade, com venda de bebida alcoólica, ou seja as pessoas não estão de mascara, e a liberação de um evento de 30 mil pessoas na Fonte Nova. Queria saber a explicação”.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.