Breaking News
recent

Dois meses e 11 dias depois, Brasil e Argentina se reencontram argentinos; não contará com Neymar e Casemiro

Foto: Globo Esporte
Foto: Globo Esporte

 
Dois meses e 11 dias depois, as seleções masculinas de Brasil e Argentina voltam a se encontrar, em partida válida pela 13ª rodada das eliminatórias da Copa do Mundo. Em 5 de setembro, o clássico foi interrompido aos cinco minutos do primeiro tempo por fiscais da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que determinou a retirada de quatro atletas argentinos por descumprimento das regras de prevenção à Covid-19.

O Brasil é um dos 11 países já classificados para o Mundial do Catar. Por isso, o técnico Tite – que não vai contar com Casemiro, suspenso, e Neymar, machucado – vai fazer experiências. Matheus Cunha entra no ataque no lugar de Gabriel Jesus, enquanto Thiago Silva dá lugar a Éder Militão no time titular e cede a braçadeira de capitão para Marquinhos. Entre os desfalques, Fabinho entra no lugar de Casemiro. A vaga de Neymar é disputada por Vinícius Jr. e Philippe Coutinho.

A partida começa às 20h30, na cidade argentina de San Juan, que não tem tradição no futebol. Com 28 pontos, o rival está próximo de carimbar a vaga no Catar e vem de uma vitória em clássico, 1×0 nos uruguaios. O Brasil superou a Colômbia no último dia 11, pelo mesmo placar. Com informações do GE.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.