Breaking News
recent

Bolsonaro no PP jogará Leão na clandestinidade na Bahia, sem poder indicar vice de Wagner, diz petista


Apesar dos panos quentes colocados pelas lideranças do PP da Bahia em relação ao impacto do eventual ingresso do presidente Jair Bolsonaro no partido na aliança governista liderada pelo governador Rui Costa (PT), é certo que, se ocorrer, ela vai inviabilizar os planos do vice-governador João Leão (PP) de indicar o vice na chapa do virtual candidato petista, Jaques Wagner.

“Como é que Jaques Wagner vai colocar em sua vice um nome do partido de Jair Bolsonaro?”, questiona um deputado petista, alegando que, no caso de atender a um pedido do PP neste sentido, o senador pode se tornar alvo de questionamentos até do seu principal adversário no Estado, o ex-prefeito ACM Neto (DEM), que também tem buscado manter distância de Bolsonaro.

Ele avalia que, mesmo depois da eventual entrada do presidente da República no PP, Leão pode se manter na base de Rui Costa. Uma vez tendo recebido Bolsonaro, o PP estadual, no entanto, não conseguirá se coligar formalmente com o PT nem indicar ninguém na chapa de Wagner por causa da confusão que isso vai gerar na cabeça do eleitor. “Bolsonaro no PP joga Leão na clandestinidade na Bahia”, complementa.

Ele diz que o vice-governador poderá dar a volta por cima se, de fato, estiver disposto a concorrer ao governo, como tem dito e repetido. Aí, poderia ser candidato a governador com o apoio Bolsonaro. A fonte antecipa, no entanto, que ninguém no PT acredita nesta hipótese, mesmo porque o vice é muito bem aquinhoado no governo do Estado e deverá continuar assim na próxima gestão, se apoiar o PT.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.