Breaking News
recent

Clubes decidem volta da torcida à série A; Bahia e Ceará é adiado

 

A reunião entre os clubes e a CBF para debater o retorno da torcida nos jogos da Série, realizado na terça-feira (28) terminou com a confirmação da volta do público aos jogos e o adiamento da partida entre Bahia e Ceará, inicialmente marcada para o próximo sábado (2), na Fonte Nova. O Bahia é o único dos 20 clubes que ainda não conseguiu a liberação do retorno da torcida ao estádio. Por isso, o tricolor ficará sem atuar na 23ª rodada. Entre os 19 clubes que participaram da reunião, apenas o Athletico-PR votou contra o adiamento da partida do tricolor. As outras 18 equipes foram favoráveis. No primeiro encontro entre a entidade e os clubes, no início de setembro, ficou definido o retorno do público a partir da 23ª rodada, desde que todos os 20 clubes tivessem a liberação das autoridades dos municípios em que mandam os jogos. O problema é que o Bahia foi o único que não conseguiu tal liberação. O governador Rui Costa negou o pedido do tricolor para usar, pelo menos, 30% da capacidade da Fonte Nova. De acordo com Rui, a decisão foi tomada por conta do aumento do número de casos de covid no estado. Uma nova análise vai ser feita nos próximos dez. Caso a doença apresente queda, o Bahia deve ganhar a permissão para contar com o apoio do torcedor nos seus jogos. Apesar da confirmação da volta do público, algumas equipes ainda não vão ter o torcedor na arquibancada neste final de semana. Em São Paulo, a liberação será apenas a partir da segunda-feira (4). Assim, Palmeiras e Red Bull Bragantino seguem com portões fechados. A partida entre Santos e Fluminense, na Vila Belmiro, também será adiada. Antes da decisão tomada pelas equipes nesta terça-feira, algumas possibilidades para contornar a situação do Bahia foram ventiladas. Em uma delas, a proposta era a de que o tricolor levasse os seus jogos para outra cidade. Aracaju, a cerca de 320 km da capital baiana, era uma das opções. Uma outra estratégia seria a de liberar o público em todos jogos, com exceção das partidas em que o Esquadrão estivesse envolvido. As duas ideias foram rechaçadas pelo Bahia. Assim como na primeira reunião, no início do mês, o Flamengo foi o único dos 20 clubes que não participou do encontro. Horas antes, o rubro-negro anunciou a ausência e afirmou que vai contar com o retorno dos torcedores independete da decisão das outras equipes. O Flamengo possui uma liminar que garante a presença do público nos seus jogos como mandante. O documento foi suspenso pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) até essa quarta-feira (29). Logo, o rubro-negro ficarpa livre para ter as arquibancadas ocupadas no duelo contra o Athletico-PR, neste domingo (3), no Maracanã.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.