Breaking News
recent

Supremo mantém condenação de Geddel e Lúcio Vieira Lima

 

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) manteve a condenação do ex-ministro Geddel Vieira Lima e do ex-deputado federal Lúcio Vieira Lima, ambos do MDB, por lavagem de dinheiro. Firmada por 3 votos a 1, a decisão desta segunda-feira (23) refere-se ao episódio em que a Polícia Federal encontrou R$ 51 milhões num apartamento em Salvador, durante buscas contra os dois irmãos, em 2017. Eles conseguiram derrubar a condenação pelo crime de associação criminosa, o que reduziu suas penas em um ano e meio. Dessa forma, o ex-ministro terá de cumprir 13 anos e 4 meses de prisão. O ex-deputado, por sua vez, teve a pena reduzida para 9 anos de prisão. No mesmo caso, em fevereiro deste ano, a 10ª Vara da Justiça Federal em Brasília condenou Marluce Vieira Lima, mãe de Geddel e Lúcio, a dez anos de prisão.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.