Breaking News
recent

Sérgio Reis é alvo de representação de subprocuradores por incitação ao crime

 


  
Após convocar a direita e os caminhoneiros para parar o país até que o Senado derrube os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) , Sérgio Reis é alvo de uma representação de um grupo de 29 subprocuradores-gerais da República, junto à Procuradoria da República no Distrito Federal.

 

De acordo com informações da coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, o músico é acusado de ter cometido crime de incitação à subversão da ordem política ou social, além de incitação ao crime. 

 

Ainda segundo a publicação, a peça pontua que o movimento organizado por ele pretende obstruir rodovias, fechar portos, aeroportos e impedir a livre circulação de pessoas e bens, para pressionar os parlamentares a implementar as pauta bolsonaristas do voto impresso e do impeachment dos ministros do STF.

"Diante dos graves acontecimentos que têm marcado a história recente do país, em particular as frequentes ameaças de ruptura institucional e de desrespeito à independência dos poderes e de seus integrantes, solicitamos a Vossa Excelência a distribuição desta representação a um dos membros oficiantes na área criminal, com vistas à adoção das providências que forem entendidas cabíveis", defendem os subprocuradores, na representação encaminhada ao coordenador criminal da Procuradoria da República no Distrito Federal, Carlos Henrique Martins Lima.

 

No documento, os signatários argumentam ainda que um eventual colapso dos serviços públicos em decorrência da paralisação poderia impactar na saúde pública do país, justamente no momento em que há uma crise com a Covid-19.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.