Breaking News
recent

Repórter da CNN passa a usar véu após tomada pelo Talibã no Afeganistão

 

Foto: Reprodução/CNN
Foto: Reprodução/CNN

 

Após o Talibã, movimento fundamentalista islâmico nacionalista extremo, tomar o poder no Afeganistão no domingo (15), repórteres e correspondentes mulheres que trabalham no país foram obrigadas a usar véu para cobrir todo o corpo, só deixando o rosto à mostra.

Durante as transmissões dos canais sobre os últimos acontecimentos no país, as jornalistas já apareciam com o traje típico das mulheres muçulmanas. Clarissa Ward, correspondente americana da CNN no Afeganistão, que havia feito diversas aparições sem o adereço que o Talibã obriga as mulheres a usarem, mudou sua roupa. 

No vídeo a jornalista aparece com uma roupa toda preta, cobrindo do pescoço aos pés, além do lenço nos cabelos. Após a tomada do Talibã em Cabul, capital afegã, uma série de medidas foram feitas pela organização, como o apagamento de imagens de mulheres nos muros da cidade.

Com informações do Vi Na Telinha

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.