Breaking News
recent

Entidades repudiam ofensas de secretário da Saúde contra empresária e pedem providências

 

Entidades repudiam ofensas de secretário da Saúde contra empresária e pedem providências
Secretário Fábio Vilas-Boas | Foto: Divulgação

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA) divulgou uma nota, na noite desta segunda-feira (2), repudiando as ofensas feitas pelo secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, contra a chef do restaurante Preta e empresária Angeluci Figueiredo.

 

Durante conversa divulgada através de um aplicativo de mensagens com Angeluci, Vilas-Boas chamou a chef de "vagabunda". A ofensa teria sido feita após Fábio não ter conseguido acessar com seus convidados no restaurante. De acordo com a nota divulgada pela chef, o fechamento do estabelecimento se deu "em virtude da instabilidade do tempo, das condições climáticas e das variações do vento e da navegabilidade na Baía de Todos os Santos, recomendou a restrição de navegação em todo o entorno, incluindo, claro, a Ilha dos Frades, onde funciona o restaurante" (leia mais aqui).

 

Assinada pela Comissão de Proteção aos Direitos da Mulher da OAB-BA e Comissão da Mulher Advogada da OAB-BA, a nota de repúdio diz que "Toda a situação em torno da ofensa, constrange não apenas Preta, mas também a toda sociedade, além de ganhar contornos ainda mais explícitos pela clara certeza de impunidade que motiva o agressor, que não se melindrou em ofender uma mulher negra, empresária, com demonstração explícita de preconceito e violência".

 

"O machismo continua sendo uma mazela a ser combatida no nosso país, não podemos permitir que mulheres, sejam elas empresárias ou não, continuem a ser expostas pela violência de gênero e de raça. Todas as mulheres têm o direito de serem respeitadas em sua dignidade, sua integridade moral e física e de não serem expostas a nenhum tipo de ataque, especialmente por parte daqueles sobre os quais recai um dever funcional de proteção social", diz outro trecho da nota.

 

A Ordem dos Advogados pede, ainda, que o governo do Estado adote medidas administrativas compatíveis com a gravidade dos fatos.

 

O QUE DISSE O CONSELHO BAIANO DE TURISMO
Além da OAB-BA, o Conselho Baiano de Turismo (CBTUR) também divulgou um comunicado onde repudia as falas de Vilas-Boas contra Angeluci Figueiredo.

 

No texto, o CBTUR diz que "repudia veementemente os atos ofensivos, desrespeitosos e truculentos manifestados pelo Secretário de Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas Boas" e afirma que "Tal atitude não pode permanecer impune".

 

A nota foi assinada prela presidente, Maria Angela de Carvalho, e o Conselho diz ser contra "qualquer atitude misógina, preconceituosa, machista e elitista vinda de qualquer direção".

 

Assim como a OAB-BA, o CBTUR pede que o governador Rui Costa tome providências.

 

PEDIDO DE DESCULPAS
Após as ofensas o secretário Fábio Vilas-Boas se desculpou publicamente, nesta segunda-feira (2).

 

"Por mais cuidadosos que sejamos, ao longo da vida cometemos erros que podem atingir as pessoas. Peço, portanto, desculpas à empresária e artista da gastronomia baiana, a Chef Angeluci Figueiredo, pelos comentários inadequados no último domingo (1), em circunstâncias injustificáveis, enviados por mensagem privada. Tendo reservado um almoço especial com os familiares e amigos do exterior com a devida antecedência de 48h, uma enorme frustração momentânea me levou, tomado de emoção, a dizer o que disse. Conto com o perdão de todos que se sentiram ofendidos, pois sempre pautei minha vida na verdade, honestidade e acolhimento”, disse Fábio em postagem.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.