Breaking News
recent

Bicampeão! Brasil vence Espanha na prorrogação e é ouro no futebol masculino

 

Bicampeão! Brasil vence Espanha na prorrogação e é ouro no futebol masculino
Foto: Gaspar Nóbrega / COB

A seleção masculina de futebol do Brasil é bicampeã olímpica! Neste sábado (7), a equipe venceu a Espanha por 2 a 1, na prorrogação, e faturou sua segunda medalha de ouro na história. A primeira foi há cinco anos, na Rio-2016. Os gols do Brasil foram marcados por Matheus Cunha e Malcolm. A Espanha descontou com Mikel Oyarzabal. 

 

O baiano Daniel Alves, lateral-direito, chegou a seu 42º título com essa conquista - só faltava a Olimpíada para ele. Agora, o Brasil possui 7 medalhas de ouro, 4 de prata e 8 de bronze em Tóquio-2020. O recorde do Rio de Janeiro em ouros (7) já foi alcançado, mas o Brasil ainda tem duas grandes finais para disputar em Tóquio: a baiana Bia Ferreira, no boxe, e o vôlei de quadra feminino. 

 

O JOGO

O Brasil dominou o primeiro tempo da partida, e poderia ter construído um placar mais amplo do que o verificado no intervalo. Aos 38 minutos, Richarlison isolou um pênalti. A compensação veio aos 46'. Claudinho cruzou, Daniel ajeitou para área e Matheus Cunha, numa demonstração clara de habilidade, tirou dois marcadores da jogada com apenas um domínio e colocou no cantinho para abrir o placar. 

 

Contudo, a Seleção Olímpica voltou a desperdiçar oportunidades na etapa final - Richarlison colocou uma bola na trave no começo -, e permitiu que a Espanha crescesse na partida. Aos 15 minutos, Mikel Oyarzabal empatou.

 

Diante do tento, os espanhóis aumentaram a volúpia ofensiva e o Brasil, sem substituir absolutamente ninguém durante 90 minutos, se viu mais acuado. Os adversários ainda colocaram duas bolas na trave antes de o duelo ir para a prorrogação.

 

Uma única troca feita pelo técnico André Jardine foi o suficiente para mudar a partida. Antes mesmo da prorrogação, Malcolm entrou no lugar de Matheus Cunha. Aos dois minutos do segundo tempo do período, o camisa 7 recebeu lançamento de Anthony, no contra-ataque, avançou com velocidade e tirou do goleiro para garantir o ouro para o Brasil. Bicampeão olímpico.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.