Breaking News
recent

Babá não teria sido primeira funcionária vítima de agressão; patroa prestou depoimento

 

Babá não teria sido primeira funcionária vítima de agressão; patroa prestou depoimento
Foto: Divulgação

A babá de 25 anos que pulou do terceiro andar de um prédio para fugir da patroa, na quarta-feira (25), em Salvador, não teria sido a primeira funcionária da mulher a ser agredida, segundo relatou uma vizinha da investigada, que não quis se identificar. A patroa, identificada como Melina Esteves França, prestou depoimento nesta quinta-feira (26). 

 

"Já é a segunda pessoa que sai daqui desse jeito. A outra saiu daqui correndo com murro no olho. Correndo mesmo no condomínio. Ela desceu e saiu correndo da patroa", disse a babá, de acordo com o G1.

 

Raiana Ribeiro da Silva comentou também que trabalhava no local há uma semana, cuidando de três crianças. Segundo ela, as agressões começaram após comunicar à patroa, identificada como Melina Esteves França, que queria deixar o emprego.Raiana relatou como começaram as agressões, que terminaram na fuga desesperada pela janela do banheiro.

 

“Ia fazer oito dias hoje [que estava trabalhando lá], mas a agressão começou na terça-feira. Começou porque eu falei para ela que não dava mais para mim, que eu ia sair na quarta-feira. Aí ela falou: ‘Vou te mostrar, vagabunda, se você sai’. E aí começou a me agredir”, disse a jovem.

 

Na quarta-feira (25), a situação piorou. "Ela me trancou no banheiro ontem pela manhã, e foi quando bateu o desespero de fugir de alguma forma. Quando eu vi o basculante do banheiro, aí eu tentei sair. Achava que alcançava a outra janela, mas não alcancei e me soltei. Fiquei pendurada em um 'degrauzinho' onde estende roupa, mas não alcancei a outra janela, me soltei e caí”, relatou a babá.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.