Breaking News
recent

Mayra é a 1ª judoca a conquistar três medalhas olímpicas

 

A judoca Mayra Aguiar é medalha de bronze para o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Com a conquista, a brasileira entra para a história e é a primeira judoca do país a conquistar três medalhas olímpicas seguidas: Londres-2012; Rio-2016; e Tóquio-2020, sempre bronze. “Estou muito emocionada. Esta foi a conquista mais importante para mim. Os últimos anos foram muito difíceis, por tudo que a gente estava passando. Eu quero agradecer todas as pessoas que estão ao meu redor, ao meu clube, à minha família e todo mundo que me apoiou. Obrigado a todos que torceram por mim. Eu consegui sentir as energias positivas daqui. Muito obrigado por acreditar em mim. Vamos Brasil”, comemorou a judoca. Parecia que seria fácil o caminho da judoca Mayra Aguiar até a terceira medalha olímpica. Porém, não foi tão simples assim. Tudo bem que, na estreia, ela precisou de apenas 40 segundos para superar a israelense Inbar Lanir, por ippon. No duelo seguinte, pelas quartas de final, ela pegou uma pedreira: a atual campeã mundial, a alemã Ana Maria Wagner. A brasileira fez uma luta dura, buscou atacar a sua oponente, até que acabou levando um wazari, no golden score, o que a obrigou a disputar a repescagem. Contra a russa Aleksandra Babintseva, Mayra teve pouco trabalho. Por falta de combatividade, a adversária foi eliminada, o que reacendeu o sonho da medalha. Na disputa pelo bronze, Mayra foi para cima da sul-coreana Hyunji Yoon. Com pouco mais de um minuto, ela imobilizou a adversária e o árbitro abriu a contagem. Mayra venceu o duelo por ippon. Esta foi a segunda medalha do judô brasileiro em Tóquio. Na segunda-feira, Daniel Cargnin também conquistou o bronze na categoria até 66kg.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.