Breaking News
recent

Coronel Nunes garante Tite na Seleção e classifica possível mudança como 'vaidade'

 

Coronel Nunes garante Tite na Seleção e classifica possível mudança como 'vaidade'
Foto: Lucas Figueiredo / CBF

O presidente em exercício da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Antônio Carlos Nunes, o Coronel Nunes, garantiu a permanência de Tite no comando técnico da Seleção Brasileira. "Eu digo assim: não estamos ganhando? Saímos vencedores da Copa América. E praticamente classificados na Copa do Mundo. Se ganhar amanhã, vamos aos 18 pontos. Aquele ditado: em time que está ganhando não se mexe", afirmou, em entrevista ao jornal "O Liberal". 

 

Nunes foi alçado ao posto de gestor da entidade máxima do futebol brasileiro após o afastamento de Rogério Caboclo, atual presidente, que está sendo denunciado por assédio moral e sexual por uma funcionária da CBF . Para o novo comandante, colocar alguém no lugar de Tite agora seria questão de "vaidade". 

 

Além da denúncia de assédio, Caboclo gerou descontentamento nos jogadores da seleção, que não gostaram da forma como ele conduziu a negociação para que a Copa América seja realizada em solo nacional . A possibilidade de demissão de Tite, ventilada pelo jornalista André Rizek, do SporTV, também estremeceu ainda mais sua relação com os atletas. 

 

No cargo desde 2016, Tite é o segundo técnico que dirigiu a Seleção Brasileira por mais tempo. Está atrás apenas de Flávio Costa, que dirigiu o Brasil entre janeiro de 1945 e julho de 1950. Em 53 jogos, Tite alcançou 39 vitórias, 10 empates e apenas 4 derrotas - um aproveitamento de 79,2%. O comandante levou a equipe nacional ao título da Copa América, em 2019, e caiu nas quartas de final da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, para a Bélgica. 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.