Breaking News
recent

TRE lista mais de 89 mil títulos cancelados em Conquista, Teixeira de Freitas e Ilhéus

 

TRE lista mais de 89 mil títulos cancelados em Conquista, Teixeira de Freitas e Ilhéus
Conquista / Foto: Reprodução / Blog do Anderson [Arquivo]

Mais de 89 mil pessoas tiveram o título de eleitor cancelado em Vitória da Conquista, no Sudoeste; Ilhéus, no Litoral Sul; e Teixeira de Freitas, no Extremo Sul baiano. Os dados são do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA). Em Conquista, terceiro maio colégio eleitoral do estado, foram 33.888 eleitores com o título cancelado [com a exclusão dos óbitos]. Em números de títulos cancelados, a cidade só perde para Salvador (269.568 cancelamentos), Feira de Santana (45.884) e Itabuna (36.332).

 

No caso de Teixeira de Freitas, o TRE-BA apurou que 28.946 eleitores estão com títulos cancelados (excluindo óbitos). Já em Ilhéus são 26.178 eleitores com títulos cancelados (excluindo óbitos). Segundo o tribunal baiano, em todo o estado há 1.637.999 casos semelhantes.

 

O título fico cancelado quando os cidadãos com idade entre 18 e 70 anos, para quem o voto é obrigatório, deixam de votar por três eleições consecutivas sem justificar as ausências. Cada turno de votação é considerado uma eleição. Outra situação em isso ocorre é quando o eleitor não comparece à revisão do eleitorado promovida pela Justiça Eleitoral, no município em que vota.

 

Conforme o TRE-BA, o título de eleitor cancelado acarreta ao cidadão situações como: não ser empossado em concurso público, não obter passaporte ou CPF, nem renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial, além de veto a empréstimos em estabelecimentos de crédito mantidos pelo governo, negativa em participar de concorrência pública e praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou imposto de renda, por exemplo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.