Breaking News
recent

IBICARAÍ: Juiz da Comarca realiza reunião de planejamento para 2021


 
 Na manhã desta sexta-feira (23) o juiz  de Ibicaraí, Dr. Alex Venícios Campos Miranda, reuniu a sua equipe de gabinete para planejar as ações da Comarca para este ano, já que com a vacinação que vem sendo aplicada em todos os três municípios atendidos, a tendência é que, com a imunização da comunidade, o Tribunal de Justiça suspenda as medidas sanitárias e o Fórum Alves de Macedo volte a funcionar normalmente, com a volta das audiências presenciais nas áreas cível e criminal, assim como vinham ocorrendo em 2018 e 2019. Hoje em dia, com o Fórum funcionando internamente com poucos servidores e com acesso restrito à população, o juiz e parte dos assessores têm trabalhado parte da semana em Home Office, com a finalidade de dar prosseguimento aos processos, porém, sem as audiências alguns procedimentos não podem chegar ao resultado esperado pelas partes e alcançar a sentença que resolva as demandas trazidas à Justiça. Processo Eletrônico na Vara Criminal Todos os processos que tramitam na Vara do Crime, que sempre foram organizados em pastas físicas e uma quantidade imensa de papéis, agora estão sendo digitalizados pelo Tribunal de Justiça da Bahia, para que, assim como ocorre na área cível, os processos criminais possam ser acessados de forma remota, pelo sistema PJe (Processo Judicial eletrônico). Isso facilitará o trabalho, principalmente, dos advogados, que não precisarão mais se dirigir ao balcão do cartório para ter acesso aos autos, ou fazer carga (retirada das pastas) dos processos. Também será possível efetuar as defesas e demais petições de forma digital, utilizando a Rede Mundial de Computadores (Internet), o que certamente possibilitará maior rapidez e eficiência nos despachos e julgamentos. Com os processos em fase de digitalização, alguns procedimentos se encontram sem movimentação, mas conforme os lotes de processos forem finalizados pelo TJ-BA e colocados no PJe, a Comarca passará a contar com maior agilidade, promovendo uma prestação jurisdicional mais célere e moderna, a exemplo de outras comarcas onde o sistema já vem sendo utilizado e aprovado pelos que a ele têm acesso.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.