Breaking News
recent

Bolsonaro critica Kajuru, e senador diz que presidente sabia que ligação seria divulgada

 

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado | Marcos Corrêa/PR
Foto: Geraldo Magela/Agência Senado | Marcos Corrêa/PR

 

O senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) se irritou após receber críticas do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) por ter divulgado o áudio de uma ligação telefônica entre eles. Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, ele disse que o mandatário poderia se opor à divulgação, mas não foi contra e resolver se pronunciar nesta segunda-feira (12).

“Eu vejo que ela [a reclamação] só aconteceu hoje, porque alguém, como o Mourão, ou sei lá quem chegou nele e falou que ele não deveria ter agido como agiu na conversa comigo. Aí ele mudou de opinião. Porque, se ele estivesse realmente chateado, ele poderia ter ligado para mim ontem, ou então no nosso telefonema às 12h40, ter falado: ‘Não, Kajuru, não põe isso no ar, não’”, afirmou o senador.

No domingo (11), Kajuru vazou o áudio da ligação onde o Jair Bolsonaro dizia temer um relatório “sacana” da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) no Senado que investigará ações do governo federal no combate à Covid-19. Na chamada, o presidente pede ao senador que inclua governadores e prefeitos na investigação e sugere novamente que seja pautado impeachment de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Para o presidente, se os senadores não mudarem o escopo da CPI, ampliando para investigar as ações de governos regionais também, será investigado apenas o governo federal e seus aliados. Segundo ele, vão ouvir “só gente nossa” para produzir “relatório sacana”.

Nesta segunda, Bolsonaro criticou o fato de ser sido gravado pelo senador. “O que está em voga hoje em dia é que eu fui gravado numa conversa telefônica, a que ponto chegamos no Brasil aqui. Gravado. (…) Não é vazar. É te gravar. A gravação é só com autorização judicial. Agora, gravar o presidente e divulgar. E outra, só para controle, falei mais coisas naquela conversa lá. Pode divulgar tudo da minha parte, tá?”, afirmou.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.