Breaking News
recent

Suplemento alimentar: farmacêutico esclarece mitos e verdades sobre a creatina

 Faz uso de suplementos alimentares ou pretende inseri-los na dieta? Assim como o whey protein, a creatina pode ser uma opção. O consumo ajuda a melhorar a resistência durante a atividade física, a hipertrofia e a aumentar a força. Além disso, alguns estudos propõem o seu uso para idosos com Alzheimer e Parkinson, pois contribui para o metabolismo energético e diminui o estresse oxidativo.

Para evitar dúvidas sobre o suplemento, Helder Teixeira, farmacêutico franqueado da 'A Fórmula', resolveu esclarecer alguns questionamentos sobre o uso da creatina. Confira:

Creatina pode ser encontrada em alimentos.

Verdade. Alguns alimentos são ricos em creatina, como carne de porco, carne vermelha, salmão, fígado, frango, atum, bacalhau, ovo e leite. Contudo, diferente do suplemento, esse produtos possuem outros componentes, por isso, se quiser extrair a melhor parte deles é ideal que se consulte um especialista e ele lhe indicará a porção certa para ingeri-los.

Creatina interfere no crescimento do adolescente.

Mito. Esse é um dos mitos mais comentados entre as pessoas, mas passa longe de ser real, porque todos nós temos creatina no corpo e consumismo-os praticamente todos os dias nos alimentados citados acima. Apesar de não haver nenhuma preocupação, sempre é bom passar por uma avaliação de um especialista.

A Creatina não precisa ser ciclada

Verdade. Alguns suplementos precisam dessas pausas durante seu uso, para que estejam em um nível equilibrado no corpo, porém, com a creatina é diferente, isso porque ela necessita desses altos níveis para ter efeitos positivos.

A Creatina é um esteróide

Mito. A creatina é um aminoácido, diferente dos esteróides, que são grandes grupos de compostos solúveis de gordura.

Mesmo a creatina podendo ser encontrada em alimentos, o suprimento às vezes se torna necessário

Verdade. Isso porque para a pessoa conseguir extrair toda a quantidade de creatina que ela precisa, seria necessário comer uma quantidade anormal dos alimentos, e por isso, em casos de homens e mulheres que treinam, se indica o uso de suplementos.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.