Breaking News
recent

Rui diz que Bahia chegou ao limite de abertura de leitos: ‘Não teríamos nem equipe’Segundo governador, situação mais crítica da pandemia é na Região Metropolitana de Salvador

Foto: Mateus Pereira/GOVBA

O governador Rui Costa (PT) voltou a alertar para o crescimento dos casos de coronavírus na Bahia e a possibilidade da saúde no estado entrar em colapso. De acordo com ele, a situação mais crítica da pandemia acontece atualmente na Região Metropolitana de Salvador e está alinhando com prefeitos baianos estratégias de combate à doença, tentando encontrar um meio termo para não adotar medidas muito rígidas e nem que não tragam resultados.

Nesta quarta-feira (03) durante a reabertura de novos leitos para tratamento de pacientes infectados pela doença no hospital de campanha da Arena Fonte Nova, em Salvador, o petista afirmou que novos leitos não serão capazes de conter os avanços da Covid-19. A medida, de acordo com ele, “é uma tentativa de evitar um colapso total” no sistema de saúde, contudo o estado já chegou ao limite de reabertura e também não há equipe de profissionais suficiente para suprir a demanda, caso ela cresça ainda mais.

“A abertura de novos leitos é uma tentativa de evitar um colapso total no nosso sistema de saúde. É importante esclarecer para a população que, ao abrir os 100 leitos de UTI da Arena Fonte Nova e mais 100 de UTI que serão abertos no Hospital Metropolitano, o Estado da Bahia chega ao limite de abertura de novos leitos. É preciso que todos tomem consciência ou, daqui a duas semanas, iremos precisar de mais mil leitos. É uma situação impossível porque nós não teríamos nem equipes de profissionais suficientes para uma demanda tão grande”, afirmou.

Para o governador, o sistema de saúde de todo o Brasil já está próximo de entrar em colapso e é necessário que a população entenda a gravidade da Covid-19, que é uma doença coletiva.

“Ou você evita que as pessoas fiquem próximas, passando um para o outro, ou a gente não vai conseguir conter essa doença. Por isso que é importante que todos compreendam. Eu sei da necessidade dos comerciantes, sei da angústia de quem é autônomo, sei que nós vivemos uma crise econômica que se agravou com a pandemia, agora nós estamos buscando um ponto de equilíbrio entre evitar mortes de Covid e evitar mortes pela fome”, pontuou.

Vacina

Ainda em coletiva, Rui Costa afirmou que a Bahia já finaliza os termos jurídicos para a compra de imunizantes contra o novo coronavírus. Ele também voltou a criticar a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que continua travando a liberação de vacinas de forma emergencial por falta de análise, apesar dos imunizantes já terem obtido aprovação de órgãos sanitários internacionais.

“Nós estamos finalizando os termos jurídicos com a Sputnik. Com a Pfizer ela deu até o dia 19. A Bahia vai comprar vacina. Eu entrei na Justiça e eu quero crer que nós teremos uma liminar favorável para comprar e aplicar vacina. Nós temos disposição, vou pedir autorização legislativa para fazer remanejamento orçamentário e para comprar as vacinas para o povo baiano. Nós precisamos vacinar, pelo menos, o perfil de público que ocupa as UTIs, que são pessoas acima de 60 anos. (…) Não contém a doença, mas pelo menos diminui a pressão dos hospitais”, completou.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.