Breaking News
recent

Hoje é Dia Do Cacau e nada mais gostoso que falar da matéria-prima do chocolate na semana que antecede a Páscoa!


O nome cacau deriva do latim theobroma cacao que significa “comida dos deuses”. As pequenas sementes da fruta do cacaueiro eram usadas em culturas ancestrais da América Latina em rituais sagrados.

Os primeiros a cultivaram sementes de cacau foram os sacerdotes Astecas. Eles acreditam que a semente era mágica, capaz de dar energia para as pessoas.

 Assim, faziam delas uma bebida forte que só podia ser consumida em taças de ouro. 

Os povos Maias também usavam a semente para criar uma bebida tomada em cultos e cerimônias de casamento.

Conquistadores espanhóis, que vieram às Américas, acabaram levando a semente para a Europa e daí, o cacau iniciou um longo caminho para se tornar a matéria-prima do chocolate. 

Se antes era usado para produzir uma bebida amarga para repor energia, passou a ser processado em formato de tabletes.

 Conquistou as cortes europeias e se tornou uma iguaria apreciada pelas elites.

No início do século 17 surgiram as primeiras casas de chocolate.

 A partir desse momento a produção da manteiga do cacau e do chocolate ganhou proporções industriais no continente europeu.

Hoje, a fabricação do chocolate acontece de várias formas e a produção chega a utilizar 3 milhões de toneladas de sementes de cacau. 

Nos últimos anos, percebeu-se uma tendência de consumo do cacau “in natura” e do pó de cacau

, por causa dos benefícios para a nossa saúde.

Na Europa, 58% dos consumidores de chocolate preferem o tipo ao leite, seguidos de 43% que preferem o tipo amargo. 

Nos Estados Unidos e no Brasil,

 há também maior preferência por chocolate ao leite, mas 87% do chocolate consumido é combinado com nozes, castanhas, frutas secas e outros.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.