Breaking News
recent

Confira como regularizar o CPF para receber o novo Auxílio Emrgencial.

Imagem:Google

Em abril o governo federal deve iniciar o pagamento do auxílio emergencial, por isso é importante ficar atento as exigências. Uma delas o CPF regularizado.  Quer saber como regularizar o CPF? Tem dúvidas sobre a situação do seu CPF? CPF suspenso, pendente de regularização ou com divergência entre documentos? Leia o artigo até o final e veja como resolver.


Somente beneficiários do Bolsa Família estão excluídos da regra que obriga o CPF estar regularizado.

Mesmo assim, é importante saber consultar a situação do seu documento.  Veja abaixo como consultar e regularizar o CPF.

Como saber se o CPF está regular?

 


A consulta pode ser feita de maneira online e em poucos segundos. Basta acessar o site da Receita Federal clicando aqui, colocar o número do seu CPF, sua data de nascimento e clicar em “não sou um robô”. Por último escolher a opção “consultar”.


Caso queira limpar todos os dados por algum erro de preenchimento ou nova consulta basta selecionar “limpar”.

Veja abaixo uma foto do site:



Uma nova abra deve se abrir e na quarta opção, de cima para baixo, deve retornar a sua situação cadastral que poderá ser: 


  • Regular
  • Pendente de regularização
  • Suspenso
  • Divergência entre documentos

 

Situação regular


Isso significa que o seu CPF não tem nenhum problema ou pendência e está regularizado na Receita Federal. Porém, é importante que você confira todos os dados para evitar problema futuros e caso encontre algum dado incorreto informe a Receita para ajuste (clique aqui para acessar).


A ficha chamada “alteração de dados cadastrais do CPF”, no link acima, deverá ser preenchida corretamente e basta apenas clicar em “enviar” após o processo.


Pendente de regularização

O CPF “pendente de regularização” representa que a Receita identificou que você deixou de entregar alguma Declaração do Imposto Renda da Pessoa Física dos últimos cinco anos.

Isso só acontece quando o órgão entende que você estava dentro das regras obrigatórias para declaração.


Para regularizar a sua situação você terá que entregar todas as declarações que faltam. Para saber quais declarações fizeram seu CPF estar “pendente de regularização será necessário acessar o portal gov.br. Clique aqui para descobrir qual ano você precisará entregar a Declaração do Imposto de Renda)


Suspenso


O CPF suspenso indica que há problemas com o seu cadastro, sendo ele considerado incorreto ou incompleto.

Neste caso, não há cobrança para entrega de declarações do imposto de renda.


Sendo assim, faça a regularização em alguns minutos (clique aqui para acessar).


Você ainda poderá ter que enviar documentos para Receita Federal, isso acontece quando o sistema gera um número de protocolo.


O envio pode ser feito por e-mail, de acordo com estado. Veja abaixo a relação:


DF, GO, MT, MS e TO: atendimentorfb.01@rfb.gov.br

AC, AM, AP, PA, RO e RR: atendimentorfb.02@rfb.gov.br

CE, MA e PI: atendimentorfb.03@rfb.gov.br

AL, PB, PE e RN: atendimentorfb.04@rfb.gov.br

BA e SE: atendimentorfb.05@rfb.gov.br

MG: atendimentorfb.06@rfb.gov.br

ES e RJ: atendimentorfb.07@rfb.gov.br

SP: atendimentorfb.08@rfb.gov.br

PR e SC: atendimentorfb.09@rfb.gov.br

RS: atendimentorfb.10@rfb.gov.br

Exterior: cpf.residente.exterior@rfb.gov.br

 

Divergência entre documentos


Aqui basta fazer a atualização com os dados no site da Receita Federal (clique aqui para acessar).

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.