Breaking News
recent

Suplente é suspeito de mandar matar vereadora de Itapebi

 

Na manhã desse sábado (6), Policiais Civis de Eunápolis realizaram buscas na casa de um suplente a vereador de Itapebi, em face de investigações sobre um atentado sofrido na manhã de sexta-feira (5), pela vereadora Veronice Romana dos Santos (Podemos). Nas buscas, realizadas logo cedo da manhã na casa e na fazenda do investigado, situada na região do Limoeiro, também município de Itapebi, o ex-vereador não foi encontrado. Apesar de sua esposa informar que ele havia acabado de tomar café e sair, não havia na casa qualquer vestígio que indicasse que ele realmente tomou café em casa. Uma das possibilidades é de o atentado estar relacionado à vacância do cargo de vereador e assunção à vaga pelo suplente. A ação policial realizada buscou checar essa linha de investigação a fim de seguir por possível eliminação das motivações do crime. Esclarece-se que a vereadora não chegou a ser atingida, pois a arma dos autores da emboscada falhou três vezes durante a tentativa de execução do crime. A vítima, que chegava de uma caminhada matinal, conseguiu entrar rapidamente em sua casa. Quando era vereador do município, o investigado chegou a se envolver em um episódio de disparos de arma de fogo dentro de sua casa, em 29/08/2019, durante uma discussão com a esposa, ocasião em que o seu filho de 12 anos chegou a ser atingido e ferido na perna. E, no ano passado, 20/07/2020, esse mesmo vereador foi preso com um veículo roubado no município de Itagimirim. Nesse episódio, ele foi preso em flagrante, pagou fiança e encontra-se em liberdade condicional. Os Mandados de Busca e Apreensão foram expedidos pelo Juiz, Dr Otaviano Andrade de Souza Sobrinho, Titular da Vara do Júri, Execuções Penais, Infância e Juventude da Comarca de Eunápolis. (Bocão 64)

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.