Breaking News
recent

Presidente da Câmara de Ilhéus destaca principais ações nestes 45 dias à frente do Legislativo Municipal

Presidente Jerbson Moraes (PSD) tem projetos importantes para a área social de Ilhéus

Leia em: 2 minutos

O Presidente da Câmara Municipal de Ilhéus, Jerbson Moraes (PSD), em entrevista exclusiva ao Pauta.blog avaliou os primeiros dias de sua gestão neste ano de 2021 e também comentou sobre os próximos passos do Legislativo Municipal.

Jerbinho, como é conhecido, está no segundo mandato como vereador. O apelido, segundo ele, foi dado pelos próprios ilheenses: “Jerbinho é o amigo de todos em Ilhéus. Inclusive foi um nome dado por Ilhéus”. A vida política foi incentivada pela carreira de 20 anos de advogado, onde ele pôde ter contato com muitas pessoas e perceber a vocação de defender o interesse coletivo.

Quando questionado sobre estar à frente da Câmara municipal de Ilhéus há 40 dias, ele citou os principais problemas que precisam ser sanados: “Aumentou o número de vereadores, passando de 19 para 21, também aumento de salário, e estamos com dificuldades para se adequar aos 70% de pagamento obrigatório do pessoal”, disse, ressaltando a necessidade de cumprir a lei de responsabilidade fiscal.

Jerbinho também citou a dificuldade na própria administração da Câmara: “Não temos continuidade na prestação de serviços administrativos. Ilhéus não tem um funcionário concursado. Quando a gestão muda, praticamente toda a equipe muda”. E aproveitou para falar sobre a possibilidade de um concurso público em Ilhéus. “É preciso avaliar todos os fatores. Primeiro porque para se falar em concurso é preciso ter possibilidade de pagamento, e o limite constitucional de pagamento do pessoal já está sendo ultrapassado”. E completou ressaltando que também precisará, caso aconteça o concurso, mudar o quadro de contratação da casa.

Também lembrou do projeto “Bolsa Família Municipal”, que foi apresentado por ele na gestão anterior. “É destinado às pessoas que estão necessitando de ajuda governamental. O foco é para aqueles que acordam e não tem sequer um pão para comer. Faremos um cadastro através da Secretaria de Assistência Social para identificar essas pessoas, e uma análise financeira para saber quanto que poderá ser pago a esses cidadãos.”

Ele finalizou ressaltando o seu desejo para Ilhéus: “Que a nossa política seja de preocupação com o coletivo. Precisamos elevar o nosso povo, não apenas algumas famílias. É preciso lembrar que a cidade tem morros e famílias precisando ser assistidas. Devemos fazer uma política para todos!”

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.