Breaking News
recent

Doria diz esperar resposta de Maia sobre filiação ao PSDB

Após ver o DEM rachar na eleição à presidência da Câmara dos Deputados, o governador João Doria (PSDB) convidou o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) e o vice-governador paulista. Rodrigo Garcia (DEM) para se filiarem ao PSDB.

Doria e Maia jantaram na noite deste domingo na casa do governador, como mostrou o colunista Lauro Jardim. O plano do tucano era lançar Garcia para sua sucessão em 2022. Isso seria importante para manter o DEM como aliado numa eventual chapa ao Planalto. No entanto, com o racha na legenda, tucanos veem a filiação de Garcia como uma solução para manter a hegemonia no estado mais rico do país, onde governam quase ininterruptamente nos últimos 25 anos.

Na semana passada, o presidente nacional do DEM, ACM Neto, ex-prefeito de Salvador, deu declarações à imprensa dizendo que, neste momento, não pode descartar um apoio ao presidente Jair Bolsonaro em 2022. No círculo de Doria, isso foi visto como uma demonstração de que o DEM não vai estar necessariamente em uma candidatura que enfrente o atual presidente.

“Será uma honra para o PSDB ter os dois Rodrigo, o Maia e o Garcia, dada as circunstâncias atuais do partido que eles ajudaram a formar, a fundar e a fortalecer”, afirmou Doria.

O governador deixou claro que assim como Maia, Garcia também teria intenção de deixar a sigla.

“Não me cabe aqui discutir decisões que levaram ambos a deixarem o DEM. Mas ficaremos felizes se ambos puderem considerar a hipótese de se filiarem ao PSDB”.

Garcia é o político de maior peso no DEM em São Paulo, onde preside o partido. Avesso aos holofotes, ele é tido como influente nos bastidores.

Questionado pelo GLOBO na semana passada sobre uma possível saída de Garcia, o presidente do DEM, ACM Neto, avaliou que a probabilidade era baixa. Segundo ele, o vice-governador seria mais um no PSDB, enquanto dá as cartas no DEM estadual.

Agência O Globo


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.