Breaking News
recent

ROSEANE SILVA É A PRIMEIRA MULHER A COMANDAR A GUARDA MUNICIPAL DE ITABUNA

 ROSEANE SILVA É A PRIMEIRA MULHER A COMANDAR A GUARDA MUNICIPAL DE ITABUNA

Tempo de leitura: 2 minutos

Uma mulher vai comandar a Guarda Civil Municipal (GCM) de Itabuna pela primeira vez na história da corporação. Por meio da Portaria nº 9.434, o prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), designou a guarda-civil municipal Roseane Santos Silva comandante da GCM, que é subordinada à Secretaria da Segurança e Ordem Pública. Para subcomandante, pela Portaria nº 9.437, foi nomeado Inácio Pereira do Nascimento.

A nova comandante tem 12 anos de atuação na GCM, onde ingressou por meio de concurso público, é bacharela em Serviço Social, casada e tem uma filha. Dentre os projetos que deseja estão a ampliação do Setor de Atendimento Psicossocial para o acompanhamento aos guardas-civis municipais e demais servidores da unidade, terapia e melhoria das condições de trabalho.

Roseane disse pretender fortalecer a Ronda Maria da Penha, incluindo entre suas atividades a realização de palestras nas escolas para a prevenção da violência contra a mulher entre crianças e adolescentes.
Na formação profissional, a comandante disse que vai buscar efetivar a lei que regulamentou a atividade dos guardas-civis municipais e lutar pela criação do Regulamento Interno da GCM.

Na questão operacional, a comandante Roseane Silva vai reforçar as ações de Patrulha do Som e a fiscalização de feiras livres da cidade, patrimônio público. Criada pela Lei nº 1.448 de 3 de maio de 1989, com efetivo inicial previsto em 250 prepostos, a Guarda Civil Municipal de Itabuna sucedeu à Polícia Administrativa. Atualmente, tem efetivo de 208 homens e 47 mulheres que se dedicam à proteção do patrimônio público e cooperam com a Polícia Militar e Polícia Civil da Bahia nos esforços para a segurança pública.

EXEMPLO

Para a secretária de Segurança e Ordem Pública, Mariana Alcântara Teixeira, com a nomeação da comandante, o prefeito Augusto Castro dá exemplo de que a mudança consagrada nas urnas ano passado começa para valer. “Fiquei feliz de o prefeito ter aceitado nossa indicação para o cargo. Abrem-se mais oportunidades para que as mulheres demonstrem seu profissionalismo e capacidade e contribuam com as transformações que a população deseja”, afirma.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.