Breaking News
recent

MDB estuda indicações de Geraldo Jr., Herzem, Hagge e Marcus Vinicius para vice de ACM Neto em 2022

 [MDB estuda indicações de Geraldo Jr., Herzem, Hagge e Marcus Vinicius para vice de ACM Neto em 2022]

 07 de Dezembro de 2020 às 11:20  Por: Montagem Bnews  Por: Nilson Marinho

O MDB na Bahia já estuda alguns nomes para compor uma chapa com o atual prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), caso ele se lance como candidato a governador nas eleições de 2022. O gestor ainda é cauteloso quando o assunto é o Palácio de Ondina e evitou, em entrevistas recentes, abordar o assunto novas eleições até o fim deste ano. 

Mas dentro da sigla no estado, o presidente Alex Futuca já começou a estudar indicações. São nomes que tiveram bom desempenho na última corrida eleitoral ou que gozam de prestígio em cargos que ocupam. 

Um desses nomes é o prefeito de Vera Cruz, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), Marcus Vinicius, reeleito para o cargo com 86,29% dos votos válidos.  “Prefeito eleito com quase 90%, está mais que comprovado a aprovação do governo dele. Um cara jovem que teve uma votação estupenda e que, sem dúvidas, fez uma boa gestão”, comentou Futuca.

Vinícius, no entanto, deu um passo para trás quando foi citado pelo presidente do partido. Com a votação expressiva que recebeu, ele afirmou que, neste momento, o ideal seria continuar no comando da ilha, preparando o município para a construção da Ponte Salvador/Itaparica, previsto para ter início em janeiro de 2021. “Hoje, o meu único projeto político é trabalhar por esta cidade que me elegeu com a maior votação de toda a sua história”, disse.

Outro nome posto é Rodrigo Hagge, reeleito prefeito de Itapetinga, no sudoeste baiano. Assim como Marcus, o gestor teve uma votação expressiva nas urnas e conseguiu a confiança de 70,31% do eleitorado. Para o presidente do partido, chama atenção, além do resultado das urnas, o fato de Hagge ser de uma família tradicional na política e com forte influência na região. Ele é neto do ex-deputado Michel Hagge e sobrinho da ex-deputada Virgínia Hagge. 

Soma-se a essa lista o prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão e o presidente da Câmara de Vereadores de Salvador, Geraldo Júnior. 
 
“Herzem é prefeito da terceira maior cidade da Bahia e é um cara experiente, foi deputado, também foi eleito com uma virada no segundo turno. Quer queira, quer não, tem obras no município, tenho acompanhado. Geraldo é um cara que está com a política em ascensão, tem feito um trabalho diferenciado na Câmara. É valorizado pelos seus pares e ajudado a cidade com as demandas”, completou Futuca. 

O presidente do MDB afirmou que, embora tenha estudado os quatro nomes, ainda não sentou com nenhum deles para formalizar a intenção de indicação à chapa. As conversas devem ser intensificadas no próximo ano.

“Eu tirei uns dias para descansar e estou fazendo um balanço do que aconteceu nas últimas eleições. São dois anos pela frente, tem muitas conversas. Às vezes, aparece um nome que ninguém esperava. Com diz o ditado: em 20 minutos, tudo pode mudar”, finalizou. 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.