Breaking News
recent

 

Vacinação contra a paralisia infantil é prorrogada
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e a Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação das crianças e adolescentes até 15 anos de idade foram prorrogadas até o dia 30 de novembro. A imunização visa reduzir o risco de reintrodução do poliovírus selvagem no país e atualizar a situação vacinal da população alvo.

Para a multivacinação, o público-alvo são as crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade, que terão a oferta de todas as vacinas do calendário básico de vacinação, com o objetivo de reduzir as taxas de abandono do esquema vacinal.

Diante do cenário do novo coronavírus, o Ministério da Saúde e a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) destacam a necessidade de vacinar o maior número possível de crianças e adolescentes, adotando-se todas as medidas de proteção amplamente divulgadas, para diminuir o risco de contágio da doença, tanto entre os trabalhadores da saúde, como entre a população.

PARALISIA INFANTIL

A coordenadora do Programa Estadual de Imunização da Sesab, Vânia Rebouças, afirma que, no caso da vacina contra a poliomielite, o público-alvo é toda criança de um ano a menos de cinco anos de idade, que deverão ser vacinadas indiscriminadamente com a vacina oral poliomielite, desde que já tenham recebido as três doses de vacina inativada poliomielite do esquema básico. “A meta vacinar 95% do grupo alvo de um ano a menor de cinco anos de idade, de forma indiscriminada”, conclui.

A população alvo da vacinação contra a poliomielite são as crianças menores de 5 anos de idade, com estratégias diferenciadas para as crianças menores de um ano e para aquelas na faixa etária de 1 a 4 anos de idade. Na multivacinação, o público-alvo são as crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.