Breaking News
recent

Pedófilo é preso e mãe indiciada por omissão de estupro

 

A Polícia Civil de Canavieiras indiciou uma mãe, de 41 anos, suspeita de ser omissa dos crimes de estupro de vulnerável das próprias filhas menores. A conclusão de investigações de inquérito policial apurou estupro de quatro irmãs, de 9 e 14 anos, e remeteu à Justiça o pedido de conversão de Prisão Temporária em Prisão Preventiva do já preso Samuel Kleber Araújo Gonçalves (foto), 59 anos, também conhecido como Brastemp. O delegado Renato Fernandes espera que o pedido seja deferido, já que o prazo de prisão temporária se encerra neste dia 30 de outubro e, se não for decretada a prisão preventiva, ele poderá ser solto. Se a justiça acatar a denúncia encaminhada pela delegacia, a mãe das meninas também poderá ser presa por omissão já que as meninas vinham sendo abusadas há mais de dois anos. O pedófilo promovia orgias com as menores, oferecendo presentes e alimentos para a família. Quando não era na casa delas, os abusos eram praticados na residência do criminoso que passava filmes pornôs para as meninas assistirem. Uma outra menor, de outra família, vivia com o pedófilo, como esposa. Ela era usada para atrair as vítimas, que eram estupradas e sangravam muito e, na maioria das vezes, reclamavam de fortes dores. A polícia chegou até o bandido após uma longa investigação envolvendo o Conselho Tutelar. As autoridades conseguiram juntar provas suficientes para requerer da justiça o mandado de prisão por estupro de vulnerável, conforme prevê os artigos 217-A e o 218-A, do Código Penal Brasileiro. Kleber foi preso em casa,sendo encaminhado para Hospital Municipal Regis Pacheco, onde passou por exames de corpo de delito e, em seguida, conduzido para delegacia de Canavieiras, onde será ouvido pelo delegado local para, posteriormente, ser encaminhado para o presídio Ariston Cardoso,em Ilhéus, ficando preso à disposição da justiça. (Blog Paulo José)

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.