Breaking News
recent

Ilhéus: Moradores cobram máquinas para deslocar pedras e conter avanço do mar

 

Ilhéus: Moradores cobram máquinas para deslocar pedras e conter avanço do mar
Foto: Reprodução / TV Santa Cruz

O avanço do mar voltou a causar transtornos em Ilhéus, no Litoral Sul. Moradores que tem imóveis na orla reclamam que há dois meses a prefeitura não providenciou máquinas para deslocar as pedras que já estão no local. O objetivo é colocar as pedras juntas e formar uma parede de contenção ao avanço do mar. Segundo a TV Santa Cruz, desde julho a força da maré tem aumentado, destruindo casas e cabanas de praias no litoral norte.

 

Os bairros São Domingos e São Miguel fazem parte do trecho mais atingido, que tem quatro quilômetros de extensão. Os moradores já colocaram pedras em alguns pontos para minimizar os efeitos, mas não sido suficiente. À emissora, o secretário de Infraestrutura de Ilhéus, Átila Dócio, disse que as máquinas que faziam serviço quebraram. Ele afirmou que na próxima semana o trabalho deve ser retomado nos bairros. Dócio disse ainda que uma comissão foi montada para estudar soluções para o problema. Essa comissão é feita em parceria com técnicos da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).

 

Ainda sobre a questão, o Ministério Público da Bahia (MP-BA) instaurou um procedimento administrativo para investigar a situação dos licenciamentos ambientais da Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba), responsável pelo porto de Ilhéus. Um estudo de 2007, feito pelo Ministério do Meio Ambiente e pelo município, apontou que a construção do porto é responsável pelo avanço da maré, causando impactos social, econômico e ambiental em São Miguel e São Domingos.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.