Breaking News
recent

MP-BA vai fiscalizar campanhas eleitorais para evitar aglomeração

 

PRE teme nova onda do coronavírus com aglomerações no período político

A procuradora geral de Justiça, Norma Cavalcanti garantiu que o Ministério Público da Bahia (MP-BA) exigirá o cumprimento de dos decretos estaduais e municipais para evitar aglomerações durante campanhas políticas nas cidades baianas. O tema foi discutido em uma reunião virtual promovida pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), na manhã desta quinta-feira (17). A reunião contou com as presenças da Procuradora Geral de Justiça, Norma Angélica Cavalcanti, do presidente do TRE-BA, Jatahy Júnior, do governador, Rui Costa, do prefeito de Salvador, ACM Neto, do presidente da UPB, Eures Ribeiro, do Procurador Regional Eleitoral da Bahia, Claudio Gusmão, entre outras autoridades. Segundo a procuradora-geral de Justiça, “é preciso atuar com firmeza para que as eleições possam transcorrer respeitando os atos de campanha, mas sem esquecer que o vírus ainda está aí”. “O Ministério Público estará atento às reclamações e vamos observar, além dos crimes eleitorais, o cumprimento dos decretos, sempre visando preservar vidas”, declarou. O coordenador do Núcleo Eleitoral do MP-BA, promotor Marcelo Miranda, também acompanhou a reunião e reiterou a importância do encontro para traçar parâmetros para atuação articulada das instituições no combate à violação das regras eleitorais e sanitárias. “Atos de campanha têm seu regramento, mas estamos vivendo uma época de pandemia. Precisamos conciliar essas regras. Não queremos impedir os atos, mas sim fiscalizar para que as normas sanitárias sejam cumpridas”, concluiu. (Bahia Notícias)

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.