Breaking News
recent

Bahia não atinge meta de cobertura de vacinas obrigatórias para criança há quatro anos

Pelo quarto ano consecutivo, a Bahia não atingiu a meta de cobertura de 95% de nenhuma das nove vacinas obrigatórias para crianças de até um ano de idade. A informação foi divulgada pelo Programa Estadual de Imunização, nesta terça-feira (8). Por causa da situação, especialistas cobram dos pais o cumprimento da vacinação, que é um direito previsto em lei.

As vacinas que não atingiram o índice no estado são: BCG, Rotavírus, Meningocócica C, Pentavalente, Pneumocócica 10V, Poliomelite Inativada, Febre Amarela, Tríplice Viral D1 e Hepatite.

A vacinação contra a febre amarela, por exemplo, está abaixo do ideal desde 2010. No ano passado, foi a pior cobertura, 64%. Já a BCG, que protege das formas mais graves da tuberculose, está abaixo da meta há quatro anos. Em 2019, a cobertura fechou em 75%. A tríplice viral, que protege contra sarampo, caxumba e rubéola não atinge a meta desde 2015. No ano passado, a cobertura ficou em 82%.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.